Consultor Jurídico

Notícias

Vacas magras

Para enfrentar crise, TJs suspendem nomeações e cortam até gastos com café

Comentários de leitores

18 comentários

É uma vergonha

Frank Ruiz Martins (Administrador)

Os juízes Trabalham pouco, sentenças demoradas e sempre recorríveis, é o cafezinho que paga?????
Sem noção da qualidade de gastos dos tribunais.
Esqueceram do caviar....não vou do uisque e nem do happy end.

que ânsia de vômito!!!!!!!!!!!!!!!!

paulão (Advogado Autônomo)

Acabar com os "auxílios". Se livrar da "frota" - porque essa gente tem que ser buscada em casa???????????????,. custando 100 vezes mais que um táxi? Nada de "capinha" (aquele servidor que ajeita a capa dos ministros, na TV Justiça, a 5 pilas por mês...). Cartão de ponto para desembargadores, juízes, ministros etc. não trabalhou, num recebe!!! Deus do céu, caiu a arrecadação? redução automática de vencimentos da putada, no mesmo percentual! Home office? NUNCA! Essa gente trabalha pouco, ou nada, produz nada ou menos ainda, vai liberar geral? Seremos comandados por negos da casta alta na beira da piscina? Não creio em conserto desse continente sem dono (ou com dúzias de donos, perversos, amorais, no serviço público e no submundo que o sustenta). Morrerei em breve, minha única felicidade.

Poder ilegítimo

Guilherme Ronzani (Auditor Fiscal)

Com a ressalva de que há os magistrados sérios e comprometidos com sua missão, ainda estes se unem aos demais quando o assunto é cuidar de privilégios e de blindar os colegas menos zelosos. A prestação jurisdicional brasileira se torna, assim, um lixo! Magistrados encastelados, corporativistas, com ganhos inconstitucionais (vamos reclamar com quem?), prestação morosa, efetivo exercício por estagiários e assessores, regalias! Isso sem tocar no horrível ponto da desonestidade, da corrupção, dos favorecimentos políticos, que também se encontram neste ambiente.
As condições de trabalho dos serventuários, em regra, é péssima!
Mas, pela mensagem da matéria, concluímos: dá para piorar ainda bastante!

E as benesses?

JUSTIÇA VIVA (Advogado Autônomo - Criminal)

Cortam cafezinho? podem até fazê-lo. Mas é as inúmeras benesses que a todos assusta? Disso os desembargadores não querem nem saber. Em verdade, o poder judiciário é uma vergonha! Extremamente caro e pouquíssimo efetivo. Pena o povo brasileiro. Ausente jurisdição célere e eficiente.

Comissionados, diárias e auxílios

lusojunior (Oficial de Justiça)

Eis a tríade intocável dos tribunais brasileiros.
Se crise se agravar, é mais fácil cortarem o suprimento de papel nos fóruns a cogitarem demitir cargos comissionados, reduzir gastos com diárias ou ao menos também diminuir excrescências como auxílio livro, auxílio creche ou qualquer outro auxílio-engorda-salário

Dane-se o jurisdicionado

Kaltss (Procurador Federal)

Nenhum TJ hoje (ou TRF) está interessado de verdade em prestar a jurisdição com celeridade. Só pensam em beneficiar juízes.
É óbvio que não há espaço orçamentário pra novas nomeações: gastam, cada um desses TJ's, centenas de milhões de reais com auxílio-ilegal-moradia, afora outras benesses sem causa legal, determinadas apenas em atos normativos internos.

Tribunais hipócritas

Rocky (Serventuário)

O país passa por uma grande dificuldade. Mesmo assim, no TJMG os juízes e desembargadores já tiveram aumento aproximadamente de 15%. Além disso, há os auxílios moradia concedido até mesmo para quem já possui casa própria, auxílio livro, auxílio saúde, auxílio transporte e por aí vai. Sem contar que já está engatilhado na assembleia de MG proposta de lei para aumento automático para juízes, desembargadores e promotores de justiça. Eles vivem em um mundo paralelo. Onde as dificuldades dos cidadãos comuns são apenas miragens. Deveriam ter mais caráter e assumirem seus gastos estratosféricos. A crise é para os servidores e cidadãos. Eles não conhecem a realidade. Eles são agentes políticos e não cidadãos comuns. Este país é dos TJ(s) comandados por hipócritas.

parece piada

JUNIOR - CONSULTOR NEGÓCIOS (Professor)

depois que rasparam o tacho com os auxílios e outros penduricalhos não há verba nem para o cafezinho, mas com ganhos liquidos acima de 50 mil dá, dá sim, para um "coffee break" de hotel cinco estrelas, portanto, façam uma forcinha, o "coffee break" faz parrrrrte, tirem do próprio bolso pelo menos isso.

Correção!

Milton Santos (Serventuário)

O presidente do TJE/PA é o desembargador Constantino Guerreiro.

E os privilégios?

Coelho (Advogado Autônomo)

Auxilio educação, auxilio moradia, diárias e outras excrescências eles não cortam. Carros para Desembargadores, Juízes, etc. outra vergonha. Cortassem tais privilégios daria para contratar Juízes e Servidores. Mas a justificativa para o péssimo serviço prestado por uma Justiça lenta, ineficiente, inoperante e cara vai ser a CRISE.

Esqueceram de olhar no umbigo

wilhmann (Advogado Assalariado - Criminal)

Esqueceram de mim.... 1, 2,3... ?
Não, esqueceram da lei da oferta e procura! Ora, preço e a quantidade demandada são grandezas inversamente relacionadas. Assim, perante a fenomenologia econômica, se a oferta é demais, e procura pouca, o preço cai, e , sinalagmaticamente quando a oferta supera a demando, os preços aumentam! Simples não é ?. Parece! No Brasil, já se se encontrou um novo “ovo de colombo”, descobriu-se petróleo próximo ao núcleo.... contudo, o preço do petróleo recrudesce?
Têm-se valores para custear corrupção, assistência social, sem retorno, apoio a países que vem superando o Brasil em crescimento. Tudo isso é só pra inglês ver!!. Os TJs são criativos em encontrar soluções em causa própria e tudo mais em tempos de “vacas gordas”, entretanto, AGORA pousam de vítimas do orçamento. Vão naufragar em suas próprias torpezas. Já que faltam-lhe técnicas jurídicas em “n” casos....não será diferente quando se tratar de economia.

TJRS

andreluizg (Advogado Autônomo - Tributária)

Final do ano passado visitei um fórum no interior gaúcho. Cada elevador tinha um ascensorista. Ainda bem, escapei do complicado fardo de apertar um botão.

Enquanto isso no TJMG...

Dáfani (Advogado Assalariado)

Adiam nomeações de aprovados, mas abrem licitação para troca de toda a frota de veículos de luxo utilizados pelos desembargadores.

Eduardo.Oliveira (Advogado Autônomo)

Observador.. (Economista)

Concordo com o senhor.
E sacrifício, que eu saiba, é algo que a pessoa faz e não apenas cobra ou impõe a terceiros.
Mas este é o Brasil.Aqui tudo é diferente e aceitável.
Só que - me parece - todas estas condutas estão "datadas". O povo está cansado de - só ele - ser sacrificado à custa de privilégios alheios, com o dinheiro do contribuinte (que é muito). O Brasil tem muito dinheiro.Basta acompanhar as cifras publicadas, quando se fala em malfeitos.
A origem da crise é a má gestão do Estado. Corrupção, desvios, privilégios e quetais são o sintoma.

Sugestões de corte de despesas

fellipem (Advogado Assalariado - Empresarial)

1 - carro oficial para desembargadores;
2 - motorista do carro oficial;
3 - ascensorista de elevador privativo dos magistrados/mp;
4 - copeira/garçom nas sessões de julgamento do TJ;
5 - Engraxate (que não sei se é funcionário do TJ, mas que engraxa o sapato dos desembargadores)

quem quiser continue a lista

Não entendi!

Eduardo.Oliveira (Advogado Autônomo)

Como não é possível reduzir vencimentos e vantagens (irredutibilidade), pretende-se diminuir o horário de funcionamento de fóruns?
Sr. Nalini, eu pensei que com o processo eletrônico, o Judiciário continuaria "no ar" mesmo em período de recesso.
Mas em final de ano, o fórum fecha e os sistemas informáticos são desligados. Não há como fazer consultas e, quem quiser trabalhar e distribuir processo eletronicamente, não pode fazê-lo.
Piada!
Muitos reclamam do Poder Executivo, mas este é o mais eficiente e transparente de todos... É a mais pura verdade.

Pretexto

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Lamentável! Estão usando a crise como pretexto para piorar ainda mais o serviço jurisdicional, ao passo que continuam a manter os elevados vencimentos e privilégios dos magistrados. Cortando o auxílio-moradia, por exemplo, que é uma verba ilegal, já haveria uma economia muito maior do que as anunciadas.

É o salário, ó!

MMDC (Outros)

É o salário de Suas Excelências...

Comentar

Comentários encerrados em 3/11/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.