Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Volta ao trabalho

Bancários paulistas aceitam propostas e encerram greve após 21 dias

A greve dos bancários em São Paulo foi encerrada nesta segunda-feira (26/10) depois de 21 dias de duração. Os funcionários aprovaram as propostas apresentadas pelas instituições financeiras no sábado (24/10), após recomendação da Comissão de Empresa dos Empregados.

A proposta apresentada trouxe reajuste de 10% para todas as faixas salariais e para a Participação dos Lucros e Resultados. Os valores referentes aos vales refeição e alimentação terão aumento de 14%. Já o PLR adicional foi elevado a 4% do lucro, distribuído igualmente.

Apesar das alterações nos valores serem as mesmas para todos os bancos, as propostas referentes aos funcionários do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal ocorreram separadamente. Devido a isso, há pontos divergentes entre os acordos.

Decisões judicias
Na última sexta-feira (23/10), a 21ª Vara do Trabalho da 2ª Região havia decidido que, a partir desta segunda-feira, as agências e postos do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal da cidade de São Paulo deveriam abrir, das 14h às 16h, para garantir o cumprimento dos alvarás, guias de pagamento ou liberação de crédito de qualquer natureza, oriundos da Justiça do Trabalho, da Justiça Federal e da Justiça estadual. A sentença atendia a um pedido da OAB-SP.

Revista Consultor Jurídico, 26 de outubro de 2015, 21h45

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 03/11/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.