Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Férias da advocacia

TJ do Espírito Santo aprova suspensão de prazos no fim do ano

Os advogados do Espírito Santo vão poder contar com uma folga no fim do ano. O Tribunal de Justiça do Espírito Santo aprovou a suspensão de todos os prazos, audiências e julgamentos entre 20 de dezembro deste ano a 18 de janeiro de 2016. A decisão atende a um pedido da seccional capixaba da Ordem dos Advogados do Brasil.

A solicitação da OAB-ES tem como objetivo permitir aos advogados a férias por 30 dias. A medida foi aprovada com base em previsão do novo Código de Processo Civil, que entra em vigor em março de 2016.

Além da suspensão dos prazos e audiências, também estará vedada no período a publicação de notas de expedientes. Também não haverá, entre 20 de dezembro de 2015 e 18 de janeiro de 2016, atendimento a advogados, defensores públicos e integrantes do Ministério Público — exceto nos casos urgentes. Com informações da Assessoria de Imprensa do TJ-ES. 

Revista Consultor Jurídico, 24 de outubro de 2015, 16h21

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 01/11/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.