Consultor Jurídico

Política de ordem

Ricardo Sayeg registra chapa para concorrer à presidência da OAB-SP

Retornar ao texto

Comentários de leitores

6 comentários

OAB pra valer!

cris (Advogado Assalariado - Comercial)

Ricardo Sayeg foi e é o único candidato preocupado em trazer mudanças e especialização ao advogados. Eu cono advogada e participante da gestao na minha região nunca vi nenhum candidato preocupado conosco com o Dr. Ricardo até pq nunca vi nenhuma proposta de licença maternidade por parte de outro candidato. Quem critica é porque quer o continuísmo que perdura nesta gestão faz anos e que nunca beneficou a advocacia, mas sim o clubinho que não quer largar o osso.

Contra Tereza Dóro

Carlos (Advogado Autônomo - Criminal)

Qualquer chapa que tenha a Tereza Dóro não merece crédito!
Sou de Campinas e sei o que estou dizendo... ele já abandonou a OAB por cargo político, além de outras questões MUITO questionáveis...

Cruz Credo

olhovivo (Outros)

Não há alternativa melhor para representar a classe?

Mais do mesmo

GSOUZAREIS (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

De acordo com a noticia se constata que a CHAPA SAYEG é composta por grande parte DA SITUAÇÃO OAB-.
Continuísmo a serviço da manutenção do continuísmo!
Perfil de presidente? Com a devida venia não vislumbro !

A mudança se faz necessária

Silvia Brito de Araujo (Advogado Assalariado)

O fato é que os advogados Paulistas estão cansados do continuísmo que se alojou na OAB/SP e clama por mudanças. Ricardo Sayeg se coloca como alternativa de mudança, trazendo a esperança do resgate da Dignidade do Advogado.
#tamojunto #vamosmudar#resgatandoadignidade#voto13.

Apenas volume

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Sayeg saiu candidato na eleição passada apenas para pulverizar os votos da oposição. No final perdeu mas comemorou a "vitória" (que na verdade foi a vitória da chapa de situação). Não tem o meu voto, nem meu apoio, até porque não apresenta nenhuma ideia concreta e ponderada de mudança.

Comentar

Comentários encerrados em 21/10/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.