Consultor Jurídico

Ferramenta questionável

Uso de delação inclusive contra advogado da "lava jato" é criticado pela classe

Retornar ao texto

Comentários de leitores

13 comentários

Dududu 2

Estrupício Hermenêutico (Outros)

A apreciação que Sandoval faz da Lava Jato é a minha apreciação. É isso o que eu quis dizer.

Global.

Estrupício Hermenêutico (Outros)

Dududu, eu falei da Lava Jato como um todo. Essa questão da Lava Jato é um todo.

Entendimento equivocado

Eududu (Advogado Autônomo)

Se o vídeo ao qual se refere o comentarista Estrupício Hermenêutico (Outros) for o mesmo que eu vi, com trechos de entrevistas nas ruas e com comentários de Ovídio Sandoval (site migalhas,"Jato na boca do povo: Legado da operação deve mudar história do país"), permita-me somente uma observação (sem querer parecer chato): NÃO HÁ QUALQUER REFERÊNCIA ACERCA DAS DELAÇÕES PREMIADAS NO VÍDEO. A opinião do comentarista, data vênia, não encontra fundamento no vídeo aludido.

Língua Portuguesa.

Estrupício Hermenêutico (Outros)

Por favor, não matem a língua portuguesa! Ela é inocente!

Bandidos.

Estrupício Hermenêutico (Outros)

Marcos Pintar, minha resposta está no vídeo de Ovídio Sandoval, sobre a Lava Jato, disponível no site Migalhas. Faço minhas as palavras do jurista. Te convido a assistir.

Quando o bandido vira herói e o herói vira bandido

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Da ética de quais bandidos está a falar, sr. Estrupício Hermenêutico (Outros)? Então alguém que reconhece estar envolvido em práticas delituosas (e portanto não possui credibilidade alguma) diz objetivando vantagem pessoal e sem ter nada a perder que outra pessoal cometeu delitos, e vamos admitir isso como verdade? Ora, se um cidadão digno e honrado diz que outra pessoa cometeu delito são necessárias provas mínimas apenas para se instaurar uma investigação. Mas, se alguém declaradamente envolvido com a criminalidade, sendo bandido, diz que certa pessoa que é do interesses dos investigadores (claro que toda e qualquer acusador quer desmoralizar a defesa) cometeu ilícito isso é verdade? A propósito, onde está o "resultado" de delações premiadas e toda essa pirotecnia que tem sido feita nos últimos tempos (que engana bem as massas incultas, mas não quem raciocina um pouco)? Algumas prisões de "grandões"? O País está imerso em uma crise sem precedentes, sob todos os aspectos. Nunca a República esteve pior, e pelo jeito a situação vai se agravar ainda mais se se continuar a dar crédito à fala de bandidos e considerar como um verdadeiro nada o que dizem os cidadãos honrados.

Os intocaveis

Haroldo Steinkopf Filho (Professor)

É interessante como nesse país tem pessoas e classe intoca veis, como se essas classes nunca tivesse cometidos erros, a mídia que os diga, una classe privilegiada que tem ritos absurdos que só eles mesmos "advogão" como certo em detrimento de toda a população que fica mercê de uma borocracia jurídica cujo mal maior é chamado recursos jurídicos, cuja a faculdade é de transforma a verdade em mentira e vice versa ao ser tocado responde não da manei ra que possam provar que estão limpos, pois uma oportu unidade cabal de que não teme a verdade, respondem co mo uma indignação própria de quem pertence uma cate goria já é o bastante. Se o advogado não nada a temer que responda provando a sua inocência.

O Princípio do Fim (que justifica os meios)

Abesapien (Advogado Autônomo - Consumidor)

Temos visto as louváveis investigações promovidas pelas instituições serem prejudicadas pela sofreguidão em conseguir o liame entre autoria e crime, através do desvirtuamento da prisão preventiva como forma de tortura para obter confissões/delações premiadas, que fica eivadas de suspeição.
O direito de defesa nunca foi popular e nem deve ser.
Mas questiono essa preponderância do fim justificar os meios, a qualquer custo... E também a flagrante parcialidade das "provas" obtidas, é público e notório que muitos políticos e operadores de todos os matizes e orientações "ideológicas" estão envolvidos e o massacre das prisões preventivas ad infinitum e delações estão claramente apontando para poucos ao invés de todos!

Bilhão!

Estrupício Hermenêutico (Outros)

Quase um bilhão de reais já retornaram aos cofres públicos. Está nos jornais de hoje. E ainda há quem diga que não há ética na delação premiada! Haja paciência!

Ovídio Sandoval.

Estrupício Hermenêutico (Outros)

Recomendo a todos o vídeo do site Migalhas, onde Ovídio Sandoval comenta a Lava Jato. Vale a pena assistir.

Ética de bandidos.

Estrupício Hermenêutico (Outros)

Os que combatem a delação premiada querem preservar a ética de bandidos. Que Deus nos livre dessa ética! Vida eterna ao instituto da delação premiada, que está começando a mudar a cara do Brasil!

Tempos difíceis

Rvbpinto (Advogado Sócio de Escritório)

Está cada vez mais difícil ser advogado nesse país. Aqui no meu Estado (Pará) tornou-se comum notícias de colegas mortos simplesmente por exercerem suas funções. No âmbito nacional, não diferente, estamos sendo levados à praça pública para execução. De fato tempos difíceis !

Fundo do poço

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Deixe-me ver se entendi direito a história. Todo esse circo montado em volta da alegação de que o Advogado teria "comprado dossiê" (será que aceitam cartão de crédito?) se deu exclusivamente com base na alegação isolada de uma bandida, de uma criminosa que berganha diminuição de pena? Será que chegamos a esse ponto?

Comentar

Comentários encerrados em 13/10/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.