Consultor Jurídico

Notas Curtas

Da Redação

Blogs

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Integridade ameaçada

Auditor da Receita Federal poderá andar armado dentro e fora do trabalho, fixa MP

O auditor da Receita Federal que se sentir ameaçado devido à sua função poderá portar arma de fogo durante o serviço e até mesmo fora dele. A autorização veio por meio da Medida Provisória 693, que alterou a Lei 10.593, de 6 de dezembro de 2002 e foi publicada nesta quarta-feira (30/9).

Diz o artigo 5º da MP que os servidores poderão andar armados em caso de “ameaça à sua integridade física ou de sua família decorrente das atividades que desempenhe e devidamente registrada junto à autoridade policial competente”. A Secretaria da Receita Federal do Brasil poderá estabelecer normas complementares para o cumprimento da regra. 

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 2 de outubro de 2015, 17h34

Comentários de leitores

4 comentários

Auditores armados

Ton (Auditor Fiscal)

Interessante. O auditor fiscal da Receita Federal do Brasil corre constante risco de vida, mormente após aposentado, quando a turma do "balaco-baco" entende que ele tornou-se mais vulnerável. A não ser que seja do tipo maleável, amigo ou covarde.

Fim da Picada

Realista Professor (Professor Universitário - Criminal)

Conferir nota fiscal com arma na cinta...
Impressionante como todo mundo quer ser polícia sem passar no concurso para tal.

Caos

Professor Edson (Professor)

No caos social que vive esse país,(60 mil mortes violentas a cada 365 dias) acho que todos deveriam andar armados.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 10/10/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.