Consultor Jurídico

Artigos

Opinião

Segregação de vias públicas é forma enganosa de democratização

Comentários de leitores

4 comentários

Segregação de vias públicas é forma enganosa de democratizaç

André Luiz Fernandes (Administrador)

A segregação entre ricos e pobres, pode ser ainda sentida, com a formação das Associações/ Sociedades de “AMIGOS” de bairro, que se instalam e fazem o distanciamento entre os vizinhos. Pois se julgam os donos do pedaço, passando a cobrar por pseudo-s serviços, que são deveres do Estado e Município. Afrontam a CONSTITUIÇÃO FEDERAL DE 1988, em seu ARTº 5º, inciso XX. Processado aqueles que não
querem se associar. Caso especifico do Residencial Eldorado, na Estância Turística de Tremembé, onde diversos moradores foram processados pela Sociedade de “AMIGOS” do Residencial Eldorado.

Falsos Condomínios

paulistano10000 (Bacharel - Administrativa)

Obrigar quem mora em uma rua pública a pagar por segurança é um grotesco absurdo, além de uma gritante ilegalidade. Como pode um profissional do direito, conhecedor das leis, defender essa imoralidade? Famílias destruídas, bens e casas penhoradas injustamente. Uma vergonha!

Segurança para não morrer!

Pek Cop (Outros)

O fechamento de vilas e ruas que se tornam condominios é o medo de pessoas de bem saírem de casa e serem assaltadas e mortas, sem falar no conforto de não ter a sua porta pedintes e vendedores tocando suas campainhas o dia todo, que mora em vila por exemplo é um local ideal para bandidos se esconderem e facilidade para agirem, fora o consumo de drogas nestes locais mais escondidos, a solução é se alguem prefere um local mais tranquilo mudar para uma vila de casas ou deixar os outros viverem em paz!

Falsos condomínios

Sandra Paulino (Advogado Autônomo)

Formados em todo Estado de São Paulo, a partir da apropriação de bens públicos por particulares, os falsos condomínios são desconhecidos pela maior parte da população. A máfia que atua sob a fachada de "administradoras de portarias" tem gravíssimo envolvimento na "exportação" dessa prática para outros Estados. Tudo isso foi denunciado na tribuna do Senado Federal em junho de 2012: https://www.youtube.com/watch?v=ycqMgQOU-Bk Na Gde SP, o município de Cotia parece ser o recordista desse tipo de prática, com envolvimento direto de PMs fazendo "segurança privada". Mortes suspeitas jamais foram investigadas pela polícia: http://blogsandrapaulino.blogspot.com.br/2011/02/fotos-do-loteamento-que-insiste-em.html e até PMs de outros municípios, fardados e em pleno horário de serviço, prestam "apoio" à ilegalidade, sem qualquer ação correcional: http://blogsandrapaulino.blogspot.com.br/2011/08/falsos-condominios-e-o-apoio-oficial-da.html O descaso chegou a tal ponto, que até um delegado de polícia resolveu assinar ofício discriminando moradores de outros municípios como sendo "roubadores" e concordando com a segregação e o impedimento do direito constitucional de ir e vir: http://blogsandrapaulino.blogspot.com.br/2013/01/carlao-camargo-youre-losing-playboy.html Aos que discordaram e continuam defendendo a legalidade, o respeito ao que é público, resta apenas enfrentar os grupos paramilitares formados por policiais que não tem qualquer preocupação em mostrar que são "bilões", "billy", "robocop", "tubarão", ou seja, matadores mesmo http://blogsandrapaulino.blogspot.com.br/2013/04/a-policia-militar-que-da-vergonha.html O Judiciário começa a reagir mais de 10 anos após essas ilegalidades.

Comentar

Comentários encerrados em 9/10/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.