Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Via Odebrecht

Doleiro Youssef será ouvido no STJ sobre repasse de propinas ao PMDB

O doleiro Alberto Youssef será ouvido sobre o suposto repasse de propinas arrecadadas com o grupo Odebrecht para a campanha eleitoral do PMDB ao governo do Rio de Janeiro. O pedido foi feito pelo Ministério Público Federal e acolhido pelo ministro Luis Felipe Salomão, do Superior Tribunal de Justiça.

Youssef é um dos investigados pela operação "lava jato", da Polícia Federal. No pedido, o MPF requereu que o empresário fosse ouvido pela PF. Contudo, o ministro Salomão deferiu a oitiva da testemunha no STJ pelo juiz instrutor com atuação em seu gabinete, por meio de videoconferência do empresário, marcada para o próximo dia 10 de dezembro, às 16h.

Salomão determinou, ainda, a prorrogação do prazo de 60 dias para o cumprimento das diligências faltantes com relação ao ex-ministro das Cidades Mario Negromonte. O pedido foi feito pela PF ao MPF, que, então, solicitou ao STJ. Negromonte também integra a lista de investigados no esquema de corrupção da Petrobras. Com informações da Assessoria de Imprensa do STJ.

Revista Consultor Jurídico, 17 de novembro de 2015, 14h39

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 25/11/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.