Consultor Jurídico

Mercado Jurídico

Por Sérgio Rodas

Blogs

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Triplo do México

Brasil é líder em fusões e aquisições em 2015 na América Latina com 712 casos

O Brasil é o país da América Latina que mais teve operações de fusão e aquisição nos primeiros nove meses de 2015, aponta levantamento feito pela Merrill DataSite em parceria com a Transactional Track Record. No período, o mercado brasileiro acumula 712 transações registradas que movimentaram aproximadamente R$ 178 bilhões, entre anunciadas e concluídas, tendo em conta as que tiveram valor divulgado. O país é seguido pelo México, com 231 operações, e pelo Chile, com 129.

Contudo, o número é menor do que o de 2014. No terceiro trimestre de 2015, foram registradas 230 transações, número 17,4% menor do que o mesmo período do ano anterior, que movimentaram aproximadamente R$ 73,37 milhões.

A maior operação deste trimestre foi o acordo assinado pelo Banco Bradesco para adquirir 100% do capital social do HSBC Bank Brasil e de 100% do capital social da HSBC Serviços, em uma operação de R$ 17,6 bilhões.

As empresas norte-americanas foram as que mais fizeram aquisições, registrando 73 até agora, que somam R$ 23,7 bilhões. Em seguida, vêm as companhias do Reino Unido, com 17, e as da França, com um total de 14.

Já o país onde empresas brasileiras mais adquiriram participações societárias foi a Colômbia, com um total de seis transações, que somam R$ 129 milhões.

O segmento que mais teve operações de fusões e aquisições foi o de tecnologia. No terceiro semestre, ocorreram 40 transações do tipo nessa área.  

Clique aqui para ler a íntegra do relatório.

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 17 de novembro de 2015, 11h20

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 25/11/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.