Consultor Jurídico

Notícias

Ordem superior

Corregedoria do TJ-SP vai investigar juíza que concedeu cápsulas contra câncer

Comentários de leitores

  • Página:
  • 1
  • 2

22 comentários

Cristina...

Estrupício Hermenêutico (Outros)

Minha vó e meu tio morreram de câncer no intestino. Mas a fosfo não é remédio. Será remédio depois que a ciência verificar o poder de cura. O Tribunal paulista não está sendo desumano!

dra Gabriela de São Carlos

Cristina Fernandes (Outros)

Por favor, não permitam que nós brasileiros tenhamos esse motivo para sentir vergonha da nossa justiça. As pessoas que não mais tem horizonte além da morte iminente, porque negar a elas a possibilidade de mais uma tentativa? Porque não melhorar a qualidade da vida? tenho familiares nessa situação, perdemos um amigo no domingo com a liminar concedida. Por favor, deixem a Dra Gabriela trabalhar, ela tem sensibilidade com relação a questão e cada paciente está se responsabilizando pelas consequencias do uso, nas crianças quem se responsabiliza são os pais. Coloquem-se no lugar dos doentes e suas famílias.

Tratamento (ao Naherty).

Estrupício Hermenêutico (Outros)

Somente saberemos que a fosfo é um medicamento confiável depois das pesquisas. Por enquanto não temos "medicamento", mas crença, fé, vontade. Eu torço para que a fosfo venha a se revelar um medicamento para o câncer. Descobri uma frase interessante na net: "deixemos a ciência para os cientistas". Sabem quem escreveu isso? O Naherty! Lembra, Naherty? Vou repetir: "deixemos a ciência para os cientistas". Sua frase vale ouro!

ORDEM SUPERIOR Corregedoria do TJ-SP vai investigar juíza qu

ADEVANIR TURA - ÁRBITRO - MEDIADOR - CONCILIADOR (Outros - Civil)

AQUI VAI UM RECADO PARA A CORREGEDORIA: Ao invés de investigar a Juíza, que a meu modo agiu com boa fé e piedade dos doentes com câncer, quando concedeu as liminares, INVESTIGUEM sim, mas, esse DESEMBARGADOR que suspendeu todas as aludidas liminares. Ele fez isso, para beneficiar os gigantes laboratórios instalados aqui no Brasil, que mandam em tudo. Sabem como: distribuindo grana. Muita grana, NÃO É DESEMBARGADOR???????

Estrupício

Naherty Estevam (Prestador de Serviço)

"Mas liberar essa substância como remédio é uma irresponsabilidade!"

Sim, sim, responsabilidade é fazer o que os açougueiros de toga do TJ fizeram, tirar o único tratamento que pacientes paliativos e terminais de câncer, desenganados pela químio, cirurgia e radio dispunham.

Quem deve ser investigado cnj?

Xarpanga (Advogado Autônomo - Civil)

Será que o des. Investigante tem o mesmo zelo com os bandidos de toga que vendem sentença?

Pílulas de Rádio e Vitamina C.

Estrupício Hermenêutico (Outros)

Apenas para reflexão: quando a radiação foi descoberta, pensavam que seria o caminho para a cura de doenças. Pílulas contendo o elemento químico rádio eram vendidas em farmácia. Crianças tomavam essas pílulas! Demorou até que descobrissem os efeitos mortais da radiação. Linus Pauling, prêmio Nobel de química, pesquisou a Vitamina C e concluiu que ela curava e prevenia o câncer. Morreu de câncer. Hoje se sabe que Vitamina C em altas doses é cancerígena. Que se façam estudos sobre essa nova promessa da fosfo. Deus queira que realmente cure o câncer. Mas liberar essa substância como remédio é uma irresponsabilidade! Mais uma vez, felicito o Tribunal paulista pela prudente decisão.

justiça submissa

rdp (Outros)

É o fim do mundo, o TJ deveria ter essa juíza como exemplo do significado da palavra Justiça, e fazem o contrário, querem puni lá por fazer de maneira brilhante o seu trabalho , Esse é o conhecido Brasil, país das injustiças. .muito Lamentável

justiça submissa

rdp (Outros)

É o fim do mundo, o TJ deveria ter essa juíza como exemplo do significado da palavra Justiça, e fazem o contrário, querem puni lá por fazer de maneira brilhante o seu trabalho , Esse é o conhecido Brasil, país das

Vai sair ilesa da "investigação"

Mentor (Advogado Autônomo - Trabalhista)

Ao decidir como entende sua consciência, que o cidadão moribundo, desenganado, merece ter esperança de sobrevida com tratamento experimental gera investigação é hora de repensar a formação da cúpula do tribunal.

Quem deve ser investigado ?

AlbertoBarrosLima (Professor)

Ninguém conhece com detalhes o caso, no entanto, como já foi muito bem explicado, juiz algum fica submetido ao entendimento do Tribunal nos novos processos, afinal súmula vinculante é só com o Supremo. Pretender investigar uma juíza só por isso, se esse for o caso, configura abuso de autoridade, autoritarismo explícito que dever, ai sim, ser investigado.

Submissos

MACUNAÍMA 001 (Outros)

Tribunais submissos aos governantes fazem mal à saúde da população e à democracia. Também são prejudiciais aos bons magistrados.

facil entender nossa" zona brasiliensis"

hammer eduardo (Consultor)

Confesso que fico mal impressionado com as bobagens e os melindres de certas " esselenças" por todo o Brasil. Quem le noticias como essa imagina que estamos na Suíça ou quem sabe na Noruega , tamanho o detalhismo visto de lupa. O " seu esselença" deveria sim se preocupar com coisas realmente importantes que estão destruindo o nosso outrora pujante Pais. Faço votos que o seu esselença jamais necessite por um desepero final seu ou de algum parente lançar mão de atitudes desesperadas como essas Pessoas de bem tem feito. So quem já viu o sofrimento de perto e que sabe avaliar a gravidade e o desespero de pessoas que necessitam e se agarram a qualquer possibilidade testada ou não. Lembremos também que nossa magistratura anda bem por baixo a nível de credibilidade perante a Populaçao ordeira , a insuportável demora de ações na justiça?????? Mostra que tem algo muito podre e não e na Dinamarca , os FATOS não me deixam mentir. A atual justiça e a grande aliada das incontáveis bandalheiras que rolam soltas no Brasil , tanto por incompetência quanto por demora. "Seu esselença", deixe as Pessoas continuarem a tentar viver , so isso.

Os Deuses devem estar loucos...

Paulo A. C. Afonso (Assessor Técnico)

Enquanto a Cúpula do TJSP e do STF não decidiam se era caso de fornecer ou não as tais drogas contra o câncer, não havia problema nenhum...
Aí a Globo faz uma reportagem, o Dráuzio Varela explica que não pode fornecer, TJSP e STF suspendem fornecimento e... vão apurar se a juíza de piso tem "bom senso"?!?!?!?
Nem conheço essa senhora, mas já me solidarizo com sua angústia.
Se a decisão não tinha fundamento, cabe recurso. Se descumpriu deliberadamente ordem de instância superior, pode haver infração disciplinar.
Agora, procedimento disciplinar para apurar o "bom senso" de magistrado??!?!?! Vai sobrar pouca gente com toga nesse país...

A quem faltou o bom senso?

Joao Sergio Leal Pereira (Procurador da República de 2ª. Instância)

Com a devida vénia, parece que quem está faltando com o bom senso é o próprio corregedor do TJ/SP. No caso específico, a instauração de procedimento para apurar a atuação da magistrada parece ofender a uma das garantias da magistratura, traduzida na independência funcional de cada juiz. Nada mais fez a juíza senão aplicar o direito a cada caso concreto que lhe fora submetido, tudo no legítimo exercício de sua jurisdição. As suspensões de segurança deferidas posteriormente, por óbvio, têm força apenas nos casos ali especificados, não se estendendo às novas situações submetidas ao juízo de primeiro grau posteriormente. Simples assim.

O mundo está acabando

magi-mg (Juiz Estadual de 1ª. Instância)

O MAP prestar solidariedade a uma Juíza...
Atentado brutal e irracional na França e que envergonha a própria raça humana...
Juiza sendo investigada porque decide...
O Mundo está acabando...

Corregedoria do TJ-SP vai investigar juíza que concedeu cáps

Feiez Gattaz Junior (Advogado Sócio de Escritório - Empresarial)

É desanimadora a postura do TJ na questão das pílulas de São Carlos. Primeiro, sem ouvir qualquer cidadão que conseguiu obter a cura ou diminuir os efeitos da doença, possibilidade alcançável por audiência pública, e são centenas de casos em que houve tal situação, agora, de maneira inusitada fere a prerrogativa da magistratura, emprestando os efeitos de Súmula Vinculante à própria descabida e inconstitucional decisão tirada pelo Órgão Especial. O TJSP não tem jurisdição para julgar como se fosse o STJ, em recurso repetitivo, ou, menos ainda, para editar com um único julgamento, em sede de Agravo Regimental, Súmula Vinculante, afeta somente ao STF. A juíza de São Carlos precisa de defesa da própria Associação Paulista dos Magistrados e, também, da Associação dos Magistrados Brasileiros, como instituições que lutam para preservar o Estado de Democrático de Direito, não devendo se limitar a indicar advogado para a nobre magistrada. Precisa se posicionar, sem deixar dúvidas, quanto ao procedimento da juíza, independentemente do mérito da questão, resguardando-se, assim, a soberania e independência dos Juízes. Triste a conduta da Corregedoria Geral da Justiça Paulista.

Todos são iguais perante a lei, seja como vítima ou algoz

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Sempre lutei pelas prerrogativas da magistratura e de todas as demais profissões, sr. Prætor (Outros), assim como a dos advogados indistintamente. Porém, quando os magistrados incorrem em falhas, e isso acontece com bastante frequência, naturalmente vou reclamar. Essa de oposição é apenas uma criação de quem não quer enfrentar os problemas de forma real.

Suspensão de tutelas antecipadas

Le Roy Soleil (Outros)

Os efeitos de uma suspensão de tutelas antecipadas limitam-se, por óbvio, às decisões já prolatadas. Quanto a novas decisões concedendo antecipações de tutela ou liminares, cabe à parte interessada peticionar requerendo a extensão dos efeitos. É surreal pretender "proibir" o juiz natural (como se isso fosse possível) de acolher novos pedidos de tutelas ou liminares. No ofício judicante o juiz é independente e goza do livre convencimento. Pode ele tomar decisões mesmo sabendo que serão suspensas ou reformadas. É prerrogativa do magistrado !

Estudos.

Estrupício Hermenêutico (Outros)

Já disse alhures e volto a sustentar: o Tribunal paulista decidiu com prudência ao suspender as liminares. Não vou repetir aqui minhas razões, elas estão nos comentários à notícia sobre a pílula do câncer publicada no dia 11 de novembro.

  • Página:
  • 1
  • 2

Comentar

Comentários encerrados em 24/11/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.