Consultor Jurídico

Notas Curtas

Por Leonardo Léllis

Blogs

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Relatórios diários

CNJ vai monitorar informações coletadas em audiências de custódia

O Conselho Nacional de Justiça vai monitorar os resultados das audiências de custódia. A ideia é criar relatórios diários com os dados obtidos na apresentação do preso ao juiz. Inicialmente, o Sistema de Audiências de Custódia (Sistac) será testado no Espírito Santo, no Paraná, em Mato Grosso do Sul, em Tocantins e no Pará.

A ferramenta permitirá a emissão automatizada do termo de audiência e facilitará a compilação de dados. Além de traçar um perfil mais preciso da porta de entrada do sistema prisional brasileiro e do movimento criminal, será possível comparar e verificar casos de reincidência. O Sistac também será usado para apurar denúncias de torturas e maus-tratos. Com informações da Assessoria de Imprensa do CNJ.

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 1 de novembro de 2015, 9h52

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 09/11/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.