Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

"Lava jato"

Suspenso pagamento de precatórios de R$ 134 milhões a empreiteira

A juíza da 1ª Vara da Fazenda Pública do Maranhão, Luiza Nepomucena, suspendeu a decisão que obrigava o estado do Maranhão a pagar precatórios no valor de R$ 134 milhões para a empresa Constran-UTC — uma das companhias que estão sendo investigadas na operação “lava jato”. A informação é da Revista Exame.

O valor é objeto das investigações da operação. A juíza determinou a produção de uma perícia para apurar a real quantia devida. De acordo com o doleiro Alberto Youssef, principal delator da “lava jato”, um secretário da administração da ex-governadora do Maranhão Roseana Sarney (PMDB) recebeu propina após fazer um acordo para o governo antecipar o pagamento dos precatórios da Constran.

Youssef afirmou que o acerto teria sido de R$ 3 milhões. O novo governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), determinou que uma comissão do governo apure as responsabilidades. Segundo Dino, esse trabalho deve acabar em até 40 dias.

Revista Consultor Jurídico, 22 de março de 2015, 17h52

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 30/03/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.