Consultor Jurídico

Notícias

Acusações no rádio

Filho de Lula questiona, no STF, imunidade de deputado tucano que o atacou

Comentários de leitores

5 comentários

Puxa, seria tão simples

Fernando José Gonçalves (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

A Receita Federal costuma chamar, "para um café", aquelas pessoas cuja declaração de rendimentos se mostra incompatível com o cargo ou função desempenhadas; aquelas que "meteoricamente" passaram a ter tais rendimentos; aquelas cuja aquisição de bens e serviços fogem da regra da normalidade; aquelas que sonegam impostos; aquelas que deixam de declarar determinados bens; aquelas que ostensivamente passam a exibir os tão conhecidos "sinais exteriores de riqueza"; aquelas que em menos de uma década já figuram como as mais ricas do país, etc. etc. Será que em nenhuma destas situações o Sr. LULINHA (também classificado por seu pai como um "Ronaldinho das Finanças") se encaixa ? Ser empregado do Zoológico de S.Paulo teria lhe propiciado parte dessa riqueza ? Ter adquirido por R$ 15 MIL a GAMA CORP, uma empresa de fundo de quintal que montava "games' para computador e ano e meio após tê-la transacionado por milhões às telefônicas seria o caminho das pedras? Enfim qual será o segredo indecifrável de Tostines? Simples ! Se fosse um mortal qualquer (leia-se sem padrinhos políticos, cooptados por seu pai dentro da Receita Federal), já teria sido chamado para dar as devidas explicações. Como ele faz parte da "ZELITE BRANCA" , está isento (de tributos e de satisfações). P.T. saudações.

Estado de Direito.

Erminio Lima Neto (Consultor)

Verdade ou mentira, as pessoas não podem sair por ai "desopilando o fígado" a corromper a verdade, e ficar por isso mesmo. Hoje é o filho do Lula, amanhã pode ser você, como milhares de casos que acontecem nas redes sociais, onde as pessoas são expostas ao ridículo, sem conseguir se defender. Esse tipo de oportunismo, "surfar na onda" só faz aumentar a nossa frustação quando os políticos, apos ser condenado pela midia, são absolvidos no final, Veja o caso Collor. ET. nunca votei no PT.

Gene defeituoso

Honyldo (Consultor)

Parece que a negação é um gene da família Silva. Provavelmente foi modificado quando Lula nasceu.

Milionário

EAugusto (Assessor Técnico)

Pelas quantidades de citações nas mídias e seus propagadores, empreendendo ações indenizatórias contra todos, este cidadão terá uma boa reserva financeira e no esteio, abarrotará mais um pouco o judiciário.

Imunidade

JB (Outros)

Esse cidadão deputado é daqui das Minas Gerais, meu conterrâneo estadual, por isso e outras que somos chamados de roceiros, será que ele pensou que por estar em seu estado, numa rádio, poderia falar o que bem entendesse como que se estivesse no congresso nacional onde tem imunidade parlamentar. Que isso deputado os mineiros te elegeram para trabalhar em prol do estado e não ficar aí em rádio falando coisas porque ouviu na mídia, me ajuda aí.

Comentar

Comentários encerrados em 27/03/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.