Consultor Jurídico

Comentários de leitores

6 comentários

Spirits of corps III

MPJ (Procurador de Justiça de 2ª. Instância)

Há 20 anos que defendo a aplicação da Lei 8.906: a OAB só "descobriu" o Estatuto agora, depois do escândalo de corrupção no CARF(ex Conselho de Contribuintes do MF). A Lei nunca deixou dúvida sobre a incompatibilidade de advogados atuarem como julgadores.

Conseguiram!!!

Márcio A. Freitas (Advogado Sócio de Escritório - Tributária)

Parabéns! Conseguiram finalmente esvaziar o CARF rumo à tentativa - agora com substanciais chances de sucesso - de o tornar um medíocre órgão chancelador das vergonhosas autuações fiscais cujo único fundamento é a sede de arrecadar. Como diz o Prof. Lênio, "vamos estocar comida"!

Me parece que a OAB não está mais do lado do contribuinte

Carlos Felipe Rosa Fontão (Advogado Assalariado - Empresarial)

Qual é o intuito da OAB com essa postura? Será o fim do maior tribunal especializado do país. A Fazenda indica seus melhores auditores, que continuam com seus vencimentos pela Fazenda. E pelo do contribuinte? O modelo proposta está errado, deveria ser proposta uma carreira pública para que se tentasse ao menos nivelar a balança estado x contribuinte. Se a OAB seguir firme nesse modelo, sem dúvida grande parte das decisões desembocarão no judiciário.

Impedimento total?

WLStorer (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Conselheiro do Carf não podem advogar, mas o impedimento
não se estende a seu escritório.

Fim da advocacia

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

O Conselho Federal da OAB faz o que o diretório do autointitulado "Partido dos Trabalhadores" manda. Como era previsto desde alguns anos, o País está mergulhando em um profunda crise econômica, que é fruto direto da crise ética e moral que domina o Estado brasileiro, hoje nas mãos do crime. Para se manter, a criminalidade institucional precisa expropriar bens dos cidadãos, e assim é preciso expurgar qualquer participação popular nos órgãos de decisão, tornando a dominação absoluta. A OAB, antes defensora da ordem jurídica, de cócoras deu sua participação no projeto de dominação, obviamente em troca de cargos e vantagens. A história, como sabemos, não perdoará.

advogado no CNJ também não deveria poder advogar....

daniel (Outros - Administrativa)

e nem nos Tribunais Eleitorais....., há muitos absurdos acontecendo...

Comentar

Comentários encerrados em 26/05/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.