Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Honoris causa

Joaquim Barbosa recebe título da Universidade Hebraica de Jerusalém

O ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa recebeu o título de doutor honoris causa da Universidade Hebraica de Jerusalém pela sua atuação como presidente do STF entre os anos de 2012 e 2014.

Durante a cerimônia, Joaquim Barbosa foi descrito como exemplo notável de figura pública devido a inabalável oposição à corrupção pública e política. Além disso, os organizadores afirmaram que a personalidade determinada do ex-presidente do STF permitiu avançar nessas causas. Segundo descrição no site da Universidade Hebraíca de Israrel, Joaquim Barbosa "é uma figura pública proeminente cuja história do triunfo sobre a desigualdade e a firme oposição à corrupção tem inspirado milhões".

A cerimônia aconteceu no dia 31 de maio, em Jerusalém. Na mesma ocasião, outras 11 personalidades internacionais, entre elas o ministro de Relações Exteriores da Alemanha Frank-Walter Steinmeir, receberam o título de doutor honoris causa. O título já foi outorgado a outras personalidades brasileiras e internacionais como Fernando Henrique Cardoso, Celso Lafer e Bill Clinton.

Ao agradecer o título, o ministro Joaquim Barbosa disse estar lisonjeado. "O reconhecimento é importantíssimo para a vida profissional de qualquer pessoa. A Universidade de Jerusalém é reconhecidamente uma grande instituição e é uma honra estar associado a ela”, afirmou.

Revista Consultor Jurídico, 9 de junho de 2015, 14h12

Comentários de leitores

1 comentário

Exemplo a ser seguido

milico (Policial Militar)

Parabéns professor Senhor Joaquim Barbosa. Tenho 44 anos e confesso a Vossa Excelência que N U N C A havia presenciado tamanha valentia contra os inescrupulosos que se apoderaram do alto escalão do poder deste país como demonstrou em vossa conduta na direção da alta corte brasileira. O Sr colocou fim na farra das elites deste país. Sei também que o Senhor era somente um grão de areia no mar de lama que cobre este país de norte a sul, razão pela qual certamente o motivou a abandonar o poder cedo demais. Eu entendo. Mas por todo seu esforço, como policial que sou, devo lhe dizer: MUITO OBRIGADO e merecido Título que lhe fora referendado!

Comentários encerrados em 17/06/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.