Consultor Jurídico

Defesa da carreira

Chefe da PGF defende propostas de valorização da Advocacia-Geral da União

Retornar ao texto

Comentários de leitores

5 comentários

Conexão com a realidade

P. R. (Procurador Federal)

Desconexão com a realidade parece ser o caso de quem acha que advogado, público ou privado, tem menos responsabilidade que juiz ou membro do MP... De quem acha normal um advogado público federal, que proporciona uma arrecadação/economia milionária todo santo dia ao erário, merece ganhar a metade de um juiz, membro de MP ou mesmo de advogados públicos estaduais ou municipais.
Quanto à realidade do país, a PEC 82 (autonomia) não traz qualquer impacto orçamentário, a AGU só vai poder gastar como melhor lhe aprouver as verbas disponíveis, a PEC 443 só terá impacto em 2018... Essas medidas vão reequilibrar o sistema de justiça do país, ninguém está pensando só no próprio umbigo.

Só assisto a hipocrisia dos críticos de plantão

Kaltss (Procurador Federal)

Fico me perguntando se esse pessoal que fala mal da reivindicação salarial da AGU (equiparação aos juízes e MP) também critica os estratosféricos e imorais vencimentos dos membros do Judiciário.
Será que também criticam a proposta de reajuste abusiva dos servidores do Judiciário Federal?
Se criticam também esses outros temas, ok. Mas se não criticam o MP, o Judiciário, os servidores do Judiciário e MP, e a DPU, e vem depois criticar os pleitos da Advocacia Pública, não passam de hipócritas.

Mas o MAP tem razão

E.V (Advogado Sócio de Escritório)

A despeito de sua eterna agrura com o Judiciário e servidores públicos, dessa vez ele tem razão.
Algumas classes simplesmente querem impor a qualquer custo o acolhimento de seus pleitos.
Tudo não passa da tentativa de igualar o subsídio dos membros da AGU àqueles recebidos por magistrados e promotores. Pouco importa a diferença institucional ou o grau de responsabilidade, o que vale é todo mundo ganhar no teto (porque a realidade é essa).
Observe que em nenhum momento é levada em conta a conjuntura econômica do país! Enquanto uns estão perdendo emprego ou tendo os seus salários reduzidos, a casta superior (funcionalismo público) só pensa em aumentar as suas descomunais vantagens. É o Brasil tomando o mesmo rumo da Grécia!
Só se fala em valorização (como se um cargo cujo subsídio inicial gira em torno de 13 mil reais líquidos fosse desvalorizado).
É impressionante como esse pessoal perdeu a capacidade de análise e reflexão crítica, pois só pensam nos seus umbigos e pronto.
Não estou aqui tentando desvalorizar ou diminuir a função dos membros da AGU, mas acho importante relatar essa verdadeira desconexão com a realidade.

Muita internet

OMFS (Assessor Técnico)

Quem sabe, se esse causídico autônomo previdenciário não ficasse o tempo todo na internet, comentando todos os artigos e notícias, conseguisse melhorar sua realidade como advogado.

Só pensam em cargos e vantagens, mesmo com a crise

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Absolutamente nenhuma comparação com a realidade dos advogados privados. Vê-se quanto o discurso dos agentes do Estado e de alguns congressistas é completamente alienado da realidade do País e do mundo.

Comentar

Comentários encerrados em 21/07/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.