Consultor Jurídico

Notícias

Segundo dia

De 19 presos em flagrante, seis são soltos em audiências de custódia

Comentários de leitores

5 comentários

não mudou nada

Ribas do Rio Pardo (Delegado de Polícia Estadual)

Não mudou nada como bem asseverou Praetor e como bem informou Valdir, tenta se impor no Brasil práticas de povos mais evoluídos, basta ver os conflitos armados existentes no Brasil e dos países de onde se importa a doutrina e a filosofia penal.

Brasil submisso

Gusto (Advogado Autônomo - Financeiro)

O Brasil é um país que não possui mesmo autonomia, voz própria, soberania, sempre se fiando nas bestialidades de tratados internacionais, como se estas plagas tivessem o mesmo nível evolutivo de outros povos. Somos uma escória, isto aqui é o esgoto do planeta, um receptáculo de tudo que é podre no mundo. Então essas audiências nada mais são do mais um instrumento para viabilizar e legalizar a criminalidade. E coloque-se vagabundos na rua. O povo, bem, ora o povo, que se lasque.

Osmose

Fernando José Gonçalves (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

E como o juiz NÃO pode perguntar nada a respeito dos próprios fatos que ensejaram a prisão (para não contaminar a instrução), restará à ambos o velho papo de botequim; mulher, futebol e política. No campo psicológico e sensitivo, o Magistrado poderá mirar bem fundo dos olhos do preso, sentir o seu cheiro corporal, enxugar as suas lágrimas e apertar a sua mão. Depois, com base nessa sintonia sensorial, psicológica e olfativa (com ou sem "clima") poderá firmar um bom juízo cognitivo para tomar a acertada decisão.

Inúteis, onerosas e inconstitucionais

Prætor (Outros)

A taxa de concessão de liberdade provisória/relaxamento é similar à que se verificava antes destas audièncias inconstitucionais.

seriam soltos mesmo sem a audiência de custódia

daniel (Outros - Administrativa)

seriam soltos mesmo sem a audiência de custódia, quando o juiz analisasse o auto de prisão em flagrante. Seria interessante perguntar se os réus confessam o delito na audiência de custódia, e assim haveria uma utilidade mair na audiência, pois esta confissão judicializada seria plenamente válida.

Comentar

Comentários encerrados em 5/03/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.