Consultor Jurídico

Colunas

Segunda Leitura

"Lava jato": Aspectos jurídicos da audiência com o ministro da Justiça

Comentários de leitores

10 comentários

A questão se esgota de outra forma

Fernando José Gonçalves (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

Debalde as posições pró e contra,no sentido de que todo advogado deve ou não ser recebido por qualquer autoridade de quaisquer dos três poderes da República.Da mesma forma pouco importa se essas podem/devem/convém que recebam os advogados para reuniões em seus gabinetes,o mesmo se dizendo relativamente a decretos nesse sentido (como aquele invocado pelo Min. Cardozo) atribuindo à elas (autoridades) o "dever" de receber advogados p/tratar de assuntos próprios ou de terceiros como de nenhuma significância se o Estatuto da OAB prevê e obriga a realização desses encontros. O que urge indagar é o fato em si, que, "NA PRÁTICA", vai definir o que é aceitável ou execrável; o que se deve ou não fazer, segundo "PRECEDENTES",por exemplo: Quantas vezes Ministros de Estado se dispuseram a atender advogados para tratar de assuntos que não envolvessem a categoria,mas,ao contrário, meros pleitos de clientes?Quer nos moldes do decreto ou do Estatuto da OAB ?Quantas vezes o próprio Min. Cardozo recebeu algum colega com tal finalidade? Considerando que o caso "Lava Jato" é o maior em termos de corrupção, do país (e do mundo) e que, por isso mesmo tem revoltado toda a população; que se equipara a um crime de lesa-pátria; que avilta a sociedade ordeira;que revela o nível degradante a que chegamos;que,num andar mais avançado, poderá incriminar até mesmo a presidente da república e seu antecessor;que pela reprovabilidade da situação, tem tido conotação internacional negativa ao próprio país,etc. é de se perguntar: Seria PLAUSÍVEL,diante desse caótico quadro, atender advogados dos acusados para interferir politicamente em seu favor e CONTRA os interesses da Nação? Sim pque. o Min. há que definir de que lado está .Do lado dos bandidos ou do país?

E viva a tesoura "armando falcão" que segue firme e forte no

hammer eduardo (Consultor)

Enquanto aguardo a caridade atraves de analise por parte do Vaticano de um texto que enviei comentando as bandalheiras palacianas e alhures com relação a "lava jato" , agora aparece mais um texto muito bem escrito por sinal.
Na realidade fica dificil aparentar algum respeito por certas "figuras" carimbadas do PT mesmo que tenham cargo de "ministro" como é o caso do atual jose eduardo cardoso que tem o titulo "pouco" honorifico dado inclusive pelo proprio PT de um dos "3 porquinhos" da dilma , certeiro dentro do possivel. O excelente artigo em epigrafe curiosamente não abordou algumas conversas paralelas que vazaram para a ( sempre maldita segundo eles) "grande Imprensa" em que o notorio "servo" do PT declarou que "depois do carnaval haveria uma reviravolta e tudo ficaria mais facil" , sera que so Eu li jornais e revistas semanais esta semana que passou ? ( excessão claro a Carta Capital que não uso nem como papel para forar gaiola de passaros , afinal Eles merecem respeito...). Na realidade o que esta ocorrendo é uma mini-maratona para ver "quem" consegue matar ( pouco provavel) ou empastelar a operação lava jato levada a bom termo por uma solitaria equipe de Homens dignos do Parana comandada pelo dignissimo Juiz Sergio Moro. Os petralhas estão borrados de medo ate a borda da cueca pois SABEM que se a investigação for a frente a "casa cai" e poderemos ter outro caso collor de melo 23 anos depois. Vai dai a maratona de mostrar serviço em que concorrem duas figuras que não vejo merecedoras de respeito mas que o CONJUR morre de medo , cardoso e inacio adams, ambos desesperados para ver quem chega na cadeira que foi de Joaquim Barbosa , vai dai os seguidos atropelamentos dos principios e todo o resto. Um nojo.

vamos todos marcar audiência com o Ministro da Justiça

daniel (Outros - Administrativa)

vamos todos marcar audiência com o Ministro da Justiça, pois deve atender a todos advogados........ e até mesmo para casos que não envolvem o PT, nem o PCC, ops....

Até que enfim conjur

Gilberto Serodio Silva (Bacharel - Civil)

Não estão a usurpar o Exmo Juiz de Direito Sérgio Moro na produção de nulidades processuais absolutas e relativas, a serem tempestivamente aproveitadas pelos advogados da defesa.

Tremenda tolice atribuir a excelente publicação defesa da imagem das partes rés no causa em comento, além das nulidades produzidas.

Uma discordância

Márcio Augusto Paixão (Advogado Autônomo)

A interpretação do articulista (no sentido de que o Ministro não tem obrigação legal de receber advogados) nega vigência ao que dispõe o EOAB, que afirma, em seu artigo 7º, XI, ser direito do advogado reclamar, verbalmente ou por escrito, perante qualquer juízo, tribunal ou autoridade, contra a inobservância de preceito de lei, regulamento ou regimento.
Se o advogado tem direito a reclamar VERBALMENTE perante QUALQUER AUTORIDADE, surge implícito o direito de ser recebido por ela para que possa desempenhar esse mister; a não ser que essa prerrogativa só possa ser exercida em caso fortuito, como, por exemplo, quando se encontra um Ministro de Estado em um restaurante.

desencanto

1958RVS (Funcionário público)

19 da 50 cidades mais violentas do mundo estão no Brasil, 50 mil assassinatos por ano, 40 mil estupros por ano, 40 mil morte no trânsito por ano, etc,etc,etc.

Pergunta_de

Zé Machado (Advogado Autônomo - Trabalhista)

Não seria maior hipocrisia o canal que exigiu exoneração, o termo correto, e não demissão de um ministro de Estado! Haja politizacao e mediocridade nessa investigação!

Até que em fim CONJUR!!!

Frankil (Agente da Polícia Federal)

Em fim uma matéria no CONJUR que fala da "Lava Jato" sem defender os corruptores presos.

Porque aqui e no Brasil247 todo dia tem 3 ou 4 matérias destruindo Sérgio Moro e defendendo os "coitadinhos" presos da Lava Jato.

Mentira, mentira, mentira !!!!

Amaralsantista (Advogado Autônomo - Trabalhista)

Realmente em se tratando do DD. Min. da Justiça, Eduardo Cardozo, podemos esperar de tudo, inclusive o mais usual, a "mentira". Depois de ver vídeo de reunião do famigerado "Foro de São Paulo " Em que o Ministro com o punho direito cerrado bravejando em alto e nítido som "A Revolução ", juntamente com ditadores e bolivarianos, pode-se esperar de tudo, principalmente A MENTIRA. Tenho a plena convicção de que, com certeza, irá tentar de tudo para desqualificar o excelente Magistrado Sérgio Moro, que com muita competência esta presidindo este difícil e o maior processo de corrupção da história da humanidade. Esperamos, eu e o Brasil, que toda essa malta de criminosos, ao final do processo, que será longo, apodreçam no cárcere, lugar apropriado para pessoas da pior espécie. Coluna apropriada e extremamente atual para que todos nós brasileiros de bem possamos refletir e se Deus permitir, passarmos o Brasil a limpo. Parabéns ao articulista por abordar tema tão atual e importante para o Brasil.

Análise perfeita!

Leonardo Couto (Procurador Federal)

Irretocáveis as considerações do eminente magistrado!

Comentar

Comentários encerrados em 2/03/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.