Consultor Jurídico

Notícias

22 anos da instituição

AGU garantiu R$ 3 trilhões aos cofres públicos nos últimos cinco anos

Comentários de leitores

7 comentários

Trono de ouro

Zé Machado (Advogado Autônomo - Trabalhista)

Com honorários de sucumbência, a AGU sentaria em trono de ouro. Novo CPC vem aí com essa nova figura.

Não é bem assim

Prætor (Outros)

Precisa um esforço malabarístico para atingir este número.... Nesta conta aí a "economia" que pode ser efetivamente atribuída à AGU é muito, mas muito, menor.

A quem interessa uma AGU fraca?

Advogado Público (Procurador Autárquico)

Mesmo com as péssimas condições de trabalho e remuneração, se comparadas com as demais Funções Essenciais à Justiça, a AGU, graças ao talento e vocação de seus membros, vai cumprindo seu papel constitucional. Mas a quem interessa uma AGU fraca e subserviente aos governantes de plantão? Ouso dizer que interessa aos sonegadores, aos políticos inescrupulosos e aos corruptores e corruptos que tanto mal têm feito à nossa nação. São esses que jogam contra a aprovação da PEC 82/2007, a PEC da probidade administrativa, que permitiria prevenir e não somente eventualmente punir os crimes de colarinho branco.

Eficiencia e especialização

M. L. Silva (Professor Universitário - Administrativa)

Parabéns aos Advogados Públicos Federais, nas suas várias carreiras, pelos êxitos obtidos!! Certamente que a atuação de cada uma das carreiras, de forma especializada, mas, coordenada, é um dos pontos fundamentais para tal êxito.

4 advogados fazendo o papel de 1

AMIR (Outros - Administrativa)

A Advocacia Geral ainda tem um longo caminho a percorrer. Foram economizados 3 trilhões, mas quantos foram gastos? Lembro que aqui mesmo no Conjur, foi publicada matéria sobre a hidroelétrica de São Manuel, no Pará, quando a AGU, através de dois dos seus órgãos, a PGF e a PGU, conseguiram "derrubar" uma liminar e permitir a retomada das obras. Um advogado da União e um procurador federal fazendo a mesma defesa. A situação se repete à exaustão no Brasil, em casos envolvendo o Enem, desapropriações, energia elétrica etc. Sempre advogados da União e procuradores federais. Na Justiça Federal, existem varas especializadas, mas não carreiras diferentes. A AGU deveria seguir o mesmo modelo. Seus números seriam ainda melhores.

MAP e o botequim jurídico

rodrigomouraduarte (Advogado da União)

E estava demorando para o MAP aparecer e soltar os comentários jurídicos de botequim, carregados de senso comum e sem o menor embasamento empírico. Mas, vida que segue, uns reclamam com desconhecimento de causa e outros fazem críticas baseadas em fundamentos, não em juridiquês carnavalesco...

Cada um escreve o que quer no papel no Brasil

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Dos 3,07 trilhões "garantidos" possivelmente 3,00 trilhões foram desviados pela corrupção, e o restante 0,07 trilhão não pagou metade dos elevados vencimentos dos membros da AGU.

Comentar

Comentários encerrados em 18/02/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.