Consultor Jurídico

Intenção de defesa

Não há revelia se advogado comparece à audiência sem a parte que representa

Retornar ao texto

Comentários de leitores

6 comentários

Agradecimento.

Júlio Candal (Advogado Autônomo - Civil)

Prezado Chico Feitosa: muito agradecido pela informação!

Edgar Bigolin Fernandes (Advogado Associado a Escritório -

João B. (Advogado Autônomo)

A confissão ficta é acerca da matéria de fato. Os fatos alegados pela reclamante, assim, gozam de presunção juris tantum de veracidade.

Algo muito estranho

Edgar Bigolin Fernandes (Advogado Associado a Escritório - Civil)

Me parece que o título da matéria não está em consonância ao quanto inserido em seu bojo.

Percebam que a chamada da matéria fala que "não há revelia..." ao passo que no bojo da matéria o texto sugere que "o magistrado declarou a nulidade da sentença, visando a admissão da juntada da contestação e documentos encaminhados pela parte aos autos, mantendo a confissão ficta em que incidiu a empresa".

Ao ler o segundo trecho, me parece que o Magistrado manteve a revelia, mas admitiu a juntada de contestação, o que outrora, aparentemente, havia sido indeferido.

Turma recursal

Chico Feitosa (Serventuário)

Caro Julio Candal, os Tribunais Regionais do Trabalho estão, quase todos, subdivididos em Turmas Recursais, exceto aqueles com reduzido número de Desembargadores, como por exemplo o de Sergipe. Dessa forma, não vislumbro equívoco na informação.

Algo estranho!

Júlio Candal (Advogado Autônomo - Civil)

Creio que a matéria está equivocada! Como é possível Turma Recursal tratar de questão trabalhista?

Citação

renault (Estudante de Direito)

Há o entendimento que haverá citação positiva quando um advogado com instrumento procuratorio pedir vistas do processo em cartório, mesmo sem a presença do citado, a decisão mencionada não é diferente.

Comentar

Comentários encerrados em 4/01/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.