Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Projeto piloto

Justiça de São Paulo inaugura encaminhamento de inquérito policial digital

Com a conclusão do projeto 100% Digital, desde 30 de novembro o Tribunal de Justiça de São Paulo não recebe mais nenhuma nova ação em papel. No caso dos processos criminais, se a denúncia é recebida, o próprio Judiciário digitaliza o inquérito policial. Mas esse procedimento está com os dias contatos.

A partir do dia 7 de janeiro, todos os procedimentos da 3ª Delegacia de Defesa da Mulher serão encaminhados em formato digital. Em média, a unidade instaura 40 inquéritos por mês. O projeto-piloto funciona desde o dia 18 de dezembro, quando a Vara da Violência Doméstica e Familiar do Foro Regional do Butantã recebeu o primeiro inquérito digital.

A ideia é que, a partir da análise dos dados do projeto-piloto, o sistema seja expandido para as demais delegacias. Atualmente o Judiciário paulista conta com mais de 1,5 milhão de processos criminais em andamento. O projeto é fruto de parceria da Secretaria Estadual de Segurança Pública, por meio da Polícia Civil, com o TJ-SP, que permitiu a comunicação entre os sistemas das duas instituições. Com informações da Assessoria de Imprensa do TJ-SP.

Revista Consultor Jurídico, 26 de dezembro de 2015, 17h05

Comentários de leitores

1 comentário

Uma revolução

paulo alberto (Administrador)

Parabens a todos que estao participando desta iniciativa, e uma revolução.
O estado de são paulo, com esforço do governo como um todo, esta conseguindo fazer milagres, com o fim do recolhimento de presos nas delegacias, faltando pouco para a extinção das cadeias do estado.
Tambem devemos torcer para o fim do recolhimento de adolescentes em unidades policiais, com a inclusão automatica em unidades da fundação casa.

Comentários encerrados em 03/01/2016.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.