Consultor Jurídico

Crime organizado

Bloqueio ao WhatsApp tem como pivô homem que foi solto pelo STF há um mês

Retornar ao texto

Comentários de leitores

53 comentários

Resposta ao Flávio Marques (Advogado Autônomo - Criminal)

Observador.. (Economista)

Seu colega advogado, João B. G. dos Santos, acima de sua resposta dirigida à mim, deixa claro o pensamento de muitos brasileiros, advogados ou não.
Saudações.

Castigo judicial?

João B. G. dos Santos (Advogado Autônomo - Criminal)

A decisão judicial em comento não possui qualquer fundamento, tanto que foi suspensa. Se a ordem judicial foi desobedecida deve ser preso o gestor responsável pelo seu descumprimento; "castigar" a pessoa jurídica mediante a suspensão do aplicativo expõem tão somente o autoritarismo do ato judicial. E cogitar que a pessoa jurídica seja processada criminalmente como aventado é delirante. É isso.

RESPOSTA A Observador.. (Economista)

Flávio Marques (Advogado Autônomo)

Mais uma vez, observado, você demonstra total desconhecimento da área jurídica - o que não surpreender por você ser economista. O objeto da discussão foi o descumprimento da ordem judicial, e não a SAMARCO em si. Afirmou-se que todos se revoltam pela SAMARCO até hoje não cumprir determinadas decisões judiciais, mas não se revoltam pelo facebook descumprir também mandamentos judiciais. Ademais, com as novas informações surgidas, o sujeito objeto de investigação faz parte de uma quadrilha enorme, composta por mais de 150 integrantes e com atuação em vários Estados. A polícia e o MP solicitaram ao whatsapp informações de mensagem em tempo real porque, devida a tecnologia, os marginais se comunicavam muito rápido entre si, o que estava atrapalhando, por exemplo, as ações policiais contra eles. Mas, não, você só sabe falar "milhões de afetados, milhões de afetados"... isso não é argumento jurídico. Você brada sobre princípio da proporcionalidade, mas o que você sabe sobre isso, quantos livros jurídicos você já leu sobre proporcionalidade (e não vale escolher uns em site só para citar aqui!)??? A discussão não é - não deve ser - se a decisão irá afetar milhões de pessoas, pois partir para essa concepção, nunca que o judiciário poderia decidir, pois toda decisão afeta um sem número de pessoas. O que se deve discutir é o descumprimento da ordem judicial. E mais: se se começa a seguir esse irracional pressuposto de que se uma decisão judicial não pode afetar milhões, logo-logo as grandes empresas passarão a descumprir um mandamento, pois nunca poderão ser severamente punidas, porque tal punição aferá milhões. Isso sim é irracional. Mas entendo seu óptica economista: avalia-se somente o lucro, o interesse da empresa e do capital.

Comunicação é necessára. Mas não deve ser uma nova droga.

Gilberto Strapazon - Escritor ocultista. Analista de Sistemas. (Técnico de Informática)

Bem interessante seus comentários Citoyen.
Mas preciso fazer um comentário adicional ao que fiz anteriormente, que era relativo ao bloqueio do serviço usado por milhões ao invés de prender o diretor local por desobediência.
Quero adicionar sobre um aspecto que foi bom na decisão da Juíza, que mirou num coelho e acertou numa manada.
Relendo um comentário de um amigo, este falou que sentiu-se livre com a falta do Whatsapp, assumindo-se viciado.
E realmente vemos que o WP é um tipo de droga viciante, é só olhar o estado zumbificado que as pessoas andam por aí.
Então, preciso rever meu comentário já que ao dar seguimento no processo de um traficante de drogas, a juíza na verdade ajudou a expor o estado de vício em que muitos se encontram e alguns como você, puderam ficar afastados dessa moderna droga tecnológica.
Vejam o que o futuro no presente nos revelou: ao invés de ervas e drogas sintéticas, temos agora as drogas binárias, computadorizadas.

Observador. - uma observação.

Citoyen (Advogado Sócio de Escritório - Empresarial)

É óbvio que ele se "rendeu"!
Rendeu-se, porque todos esses gênios, que criam para o nosso deleite, imaginam um mundo de vestais, em que nenhum dos humanos irá usar o que criaram para pedofilia, tráfico de drogas, organização de assaltos a bancos ou destruição de ônibus ou, até, as ameaças que fazem de dentro dos presídios para as nossas casas, ameaçando-nos e extorquindo-nos o que desejam__ na ingleterra, na frança ( agora) , na russía, na itália (com mandados judiciais) e no mundo todo, incluindo china (em especial, por ameaças ao "sistema") o controle existe e os líderes das comunicações se rendem, sim. __ eles se submetem e nem nos avisam, porque há a ameaça de que, se o fizerem, serão calados! __ e tudo isso é simples, assim! ___ é o mundo em que vivemos! __ e viva a liberdade............................................ Hoje bem relativa, ou em que se aplica as teorias da proporcionalidade ou da razoabilidade!!! __ e tudo observando-se o princípio da proximidade! __ "bandido a. Vou libertá-lo. Mas você ficará em casa e não pode sair. Não pode falar com ninguém!´" __ ele não fala pelos meios comuns, desconhecidos pelos magistrados! __ ele usa meios sociais, sediados em outros países, inclusive na china!!!!

Não acabei de dizer!

Citoyen (Advogado Sócio de Escritório - Empresarial)

Queria dizer, ainda, que estamos pagando o preço de vivermos um mundo em que nos esquecemos de alertar os bandidos de que eles não poderiam usar os nossos meios sadios de comunicação!
Os que trabalham com base nos intrumentos que podem ser silenciados pela justiça ---- o que acho melhor ! ----, pelo furto dos cabos -- como aconteceu no edifício em que mora um parente meu! --- pelo simples defeito elétrico ou pela mudança dos cabos tradicionais pelos cabos óticos terão, sim, dificuldades, ficarão mudos, cegos, surdos, imóveis pelo susto ou pelo evento, mas isso se chama "viver o mundo moderno" !! __ portanto, o esperneio é livre, o grito é sem limites, mas não vamos nos ofender, porque estamos vivendo um mundo diferente! __ por acaso alguém se deu conta do número de mandados de busca, de prisão e não sei o que mais que foram expedidos hoje, só hoje? __ e já somaram com o número dos que foram expedidos nos últimos dias, em que até saco de supermercado, com milhões de reais foram lançados pela janela de apartamento??? ___ alguém já se deu conta de quantos bilhões de reais foram renunciados e, portanto, quando os títulos passaram a ser somente "nominativos" ??? __ não? __ pois tenho um amigo que era gerente de banco e conta que o detentor dos papeis que lhes dava o direito sobre o título ao portador, às centenas, no banco em que ele trabalhava, chegavam na mesa dele e, ao saberem que teriam que se identificar, resgavam os papeis e diziam: prefiro perder todo esse dinheiro, a perder o meu emprego!!!!

Citoyen (Advogado Sócio de Escritório - Empresarial)

Observador.. (Economista)

Seu comentário está corretíssimo; só faço uma pequena correção.Ele não "se rendeu".
Como toda grande corporação americana, fez os ajustes que -eles - acham necessários entre o Estado e suas Grandes corporações.Não foi uma rendição ou algo feito (mesmo que para o público seja passado de outra forma) de forma contrariada.
Rússia e China tem os mesmos procedimentos para suas mega corporações, cabe lembrar.Também fazem ajustes de procedimentos com o Estado, se necessário for, nestes países.

Enquanto a caravana passa, o zuckerman dá gargalhadas!

Citoyen (Advogado Sócio de Escritório - Empresarial)

Sim, prezados. Porque enquanto vocês se desafiam, se ofendem, o senhor zuckerman rendeu-se à agência de segurança americana, bem como os outros meios sociais de comunicações, fornecendo-lhes os dados para que eles pudessem controlar as conversas de todos os que transitassem por território americano, mesmo que fossem autoridades em seus respectivos países! !! ___ notem, por favor, que, no mundo moderno --- e os magistrados terão que aprender isto! --- direitos humanos e segurança social só existem para aqueles que não transgridam normas e regras éticas, morais, legais! __ quem ultrapassou o limite dessa faixa só entende de "segurança pessoal" --- que nada tem com segurança social! --- não entende e dá gargalhadas em relação àqueles que pleiteam para eles os mesmos princípios daqueles que chamamos "cidadãos de bem"!!!

Flávio Marques (Advogado Autônomo - Criminal)

Observador.. (Economista)

O sua raiva do empreendedorismo fica claramente demonstrada nos seus pífios argumentos.
Nada a ver com SAMARCO. Este artifício, de tirar o foco do assunto para ver se o argumento tem mais impacto, não é razoável nem demonstra seus, tenho certeza, bons conhecimentos jurídicos.
Nada tenho contra a Juíza ou à favor do WhatsApp. Tenho, isto sim, tudo contra decisões desproporcionais, arbitrárias e que não tem nenhum senso de proporcionalidade, sem se importar com os milhões afetados, por causa de (01) telefone.Isto tudo, se o senhor ler em outra artigo, verá que foi causado por (01)telefone.
Ainda bem que há um desembargador que se norteou pelo senso das proporções e não por defesa de teses econômicas, xenófobas ou ideológicas.
Bom final de ano para o senhor.

STF

Professor Edson (Professor)

O ministro que soltou esse bandido deveria ser preso.

RESPOSTA A Manente (Advogado Autônomo)

Flávio Marques (Advogado Autônomo)

Corrigindo o erro de digitação:

Fico, então, feliz que só duas pessoas tenham razões neste país hipócrita e bajulador!

RESPOSTA A Manente (Advogado Autônomo)

Flávio Marques (Advogado Autônomo)

Fico, então, feliz que ganha tenha razão neste país hipócrita e bajulador!

Flávio Marques (Advogado Autônomo - Criminal)

Manente (Advogado Autônomo)

Da população de mais de 200 milhões de brasileiros, somente o nobre colega e a magistrada tem razão.
Ai esta, o TJ/SP fazendo justiça.
http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2015/12/whatsapp-justica-concede-liminar-para-restabelecer-aplicativo-no-brasil.html
http://www.tjsp.jus.br/Institucional/CanaisComunicacao/Noticias/Noticia.aspx?Id=29057

Ao Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Eduardo. Adv. (Advogado Autônomo)

Penso que as empresas mais audaciosas foras as que se beneficiaram da possibilidade de uso do "zap-zap". Antes de instalar o aplicativo o meu gasto com serviços de telefonia móvel eram inexpressivos. Posso dizer que no número pré-pago, o crédito era utilizado somente para permitir a linha ativada. Com a utilização do aplicativo (as pessoas simplesmente te inserem se tiver o applano instalado), o crédito que durava três meses é consumido em quinze dias.
E por este motivo, não uso o app na linha "pós".
Se as "teles" bloquearem o app, farão um grande favor a este usuário, que no "pré-pago" voltará a fazer recargas trimestrais, apenas.
Pensam que são espertos?
"Sabe de nada, inocente!".

Mas e a atitude do aplicativo?

JSP (Advogado Autônomo - Civil)

Me espanta ver comentários com os termos "juizinha" "tosca" e outros que tentam diminuir a juíza que proferiu a sentença.
Mas vamos ao que interessa: uma decisão judicial foi desobedecida, e por isso a juíza entendeu que seria melhor suspender o serviço do whatsapp em todo território nacional por 48 h. Muita gente está falando que a população vai sofrer com a falta do aplicativo e etc., pessoas que trabalham com o aplicativo e mais um monte de coisas. Porém, vi poucas pessoas falando da atitude da empresa whatsapp em desobedecer a decisão judicial. E não é só nesse processo não, em vários outros o facebook (que é dono do whats) não cumpre a decisão judicial de fornecer dados de seus usuários sob a alegação de que a sede não fica no Brasil e etc.... e isso me lembra os casos de meninas de 15 anos, que tem seus videos íntimos divulgados na rede via whatsapp por seus ex namorados, dos casos como o da "Fabíola", em que a pessoa se sente humilhada e perde toda a sua privacidade, e a pessoa que colocou os videos na rede sai impune de tudo. Não é apenas uma decisão, de um caso isolado, ela reflete inúmeros outros, em que pela política de privacidade do próprio site/empresa/aplicativo, pessoas que cometem crimes pela internet não podem ser identificados.
Mas é só a opinião de quem já advogou contra o facebook/whatsapp.

Apenas e tão somente um grande estudo técnico

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Há quem acredite em Papai Noel, em Coelho da Páscoa, e até em juízes que buscam combater o crime. O bloqueio do WhatsApp é apenas um "teste geral" certamente orquestrado pelas empresas de telefonia e a quadrilha petista para proibir de vez o aplicativo. Empresa e Estado querem que os usuários paguem bilhões de reais em ligações telefônicas e tributos.

Piada judiciária

Cláudio M. Gonçalves (Advogado Autônomo)

Esta juizinha seria uma piada no judiciário se isso não fosse verdade. Já pensou uma tosca desta dirigindo uma nação? Mandaria matar toda a família de um criminoso só porque eles se recusam a prestar informações.
A JUSTIÇA PRENDE, DEPOIS SOLTA E COM O CRIMINOSO SOLTO, A JUIZINHA PRENDE O PAÍS EM SUA DÉBIL SENTENÇA. Como ela não deve ter capacidade mental para entender tecnologia, sua sentença deve ser redigida em máquina de escrever, e assim ela está a vontade para proibir aplicativos, softwares e qualquer coisa que possa punir o País por culpa de sua incapacidade de utilizar meios inteligentes e de bom senso para fazer valer sua decisão. Se esta juizinha queria aparecer, conseguiu, punindo inocentes enquanto o criminoso está solto por culpa de sua sentença atrasada. IGNORANTE!!

RESPOSTA A Observador.. (Economista)

Flávio Marques (Advogado Autônomo)

A desfaçatez de seus argumento beira ao ridículo. Você demonstra o que muitos brasileiros cultivam: o capachismo aos interesses de empresas de países de 1º mundo. Essas empresas pensam que podem fazer o que quiser em países de 3º mundo, pois seu poder econômico assim permite. Fico vendo aqui mesmo no CONJUR a revolta de muitos quando a SAMARCO não cumpri a decisão judicial de plano de emergência, não cumpre o acordo com o MP para depósito de valores... agora, quando uma maldita empresa sedia fora do país descumpre a ordem judicial, vem pessoas míopes, como você, defendê-la. Isso sim é hipocrisia! E não me venha falar que dano da SAMARCO é monstruoso, enquanto o caso do whatsap só se refere a uma pessoa... o que se está discutindo é o descumprimento de ordem judicial, fato esse descumprido pelas duas empresas, o que demonstra que a ação do facebook não é menos insignificante do que a da SAMARCO. Na lógica jurídica, você deve ser um bom economista!

Falta de competencia.

carlmarx (Estudante de Direito)

O tal sujeito que causou todo esse reboliço é um bandido que já deveria estar em cana há muito tempo. Isso significa que o judiciário não cumpre o seu papel. Ademais, não existe apenas uma forma de coletar provas. Muitos crimes são resolvidos sem que se possa ferir direito alheio por provas não coletadas dentro da lei, então a polícia procura outros meios de resolver a questão. Vai atrás de outras evidencias. Bloquear o whatsapp é uma insanidade. Infelizmente todos os poderes da repúbli(queta) estão comprometidos.

Prender um diretor

José M. R. Salgueiro (Professor)

Nao daria para prender um diretor?

Comentar

Comentários encerrados em 24/12/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.