Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Ação desmembrada

Justiça Federal do RJ inicia audiências sobre corrupção na Eletrobras

Por 

A 7ª Vara Federal do Rio de Janeiro fará, de terça (14) a quinta-feira (16/12), as primeiras audiências da ação que apura os desvios na construção de usina nuclear de Angra 3, no município fluminense de Angra dos Reis. O processo decorre do desmembramento da operação “lava jato”, em tramitação na 13ª Vara Federal de Curitiba (PR). 

No primeiro dia de audiência, serão ouvidos Dalton dos Santos Avancini, ex-presidente da construtora Camargo Corrêa, Ricardo Ribeiro Pessoa e Walmir Pinheiro Santana, ex-presidente e ex-diretor da UTC Engenharia, respectivamente. Os três firmaram acordo de colaboração premiada.

Os depoimentos têm sequência na quarta-feira com o também colaborador Luiz Carlos Martins, ex-executivo da Camargo Corrêa, e com os auditores do Tribunal de Contas Gustavo Tomena e Rafael Di Bello.

Na quinta-feira, serão ouvidas as testemunhas Pedro Bezerra de Souza e Rodrigo Severino Brito. Como eles estão em São Paulo, a audiência será por videoconferência.

Desmembramento
A ação foi parar na Justiça Federal do Rio de Janeiro depois que o Supremo Tribunal Federal determinou o desmembramento da operação "lava jato", que trata dos desvios na Petrobras.

No último dia 1º de dezembro, o juiz Marcelo da Costa Bretas, que responde pela 7ª Vara Criminal do Rio de Janeiro, aceitou denúncia do Ministério Público Federal contra 14 pessoas envolvidas com a corrupção na construção de Angra 3.

Entre eles estão o presidente licenciado da Eletronuclear, almirante Othon Luiz Pinheiro da Silva; a filha dele, Ana Cristina da Silva Toniolo; o presidente do Conselho de Administração da Engevix, Cristiano Kok; e o presidente da Andrade Gutierrez, Otávio Marques de Azevedo.

Processo 05109 26-86.2015.402.5101

 é correspondente da ConJur no Rio de Janeiro.

Revista Consultor Jurídico, 14 de dezembro de 2015, 17h33

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 22/12/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.