Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Menos burocracia

Justiça do Trabalho de São Paulo conclui informatização de varas com PJe

O processo de informatização do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região será concluído nesta sexta-feira (11/12). A transição será finalizada com a cerimônia de implantação da fase de conhecimento do Processo Judicial Eletrônico nas 90 varas do Fórum Ruy Barbosa. A fase de conhecimento é a que compreende desde a propositura da ação até a sentença do juiz.

O tempo médio entre a distribuição de uma ação e o julgamento é de 153 dias nos processos eletrônicos, contra quase o dobro, 290 dias, nos processos físicos. A economia de papel também já começou a ser sentida. Só em 2015, foram economizadas mais de seis milhões de folhas, uma redução de 14,18% do consumo, em relação ao ano passado.

Atualmente, 50 varas do TRT-2 operam 100% no modo eletrônico, e 165 de forma híbrida, isto é, com processos também em papel. Em abril de 2013, o Fórum Ruy Barbosa passou a contar com o PJe — fase de execução (após a sentença), sendo a única unidade a receber o sistema de modo gradativo a fim de se reduzir a grande quantidade de ações em papel na unidade.

O Poder Judiciário em São Paulo afirma que o uso do sistema eletrônico reduz em até dois terços o tempo de tramitação de um processo, pois elimina tarefas burocráticas e mecânicas. Para os advogados, a vantagem é que todos os atos processuais, incluindo a protocolização de uma ação, podem ser feitos eletronicamente, sem a necessidade de enfrentar filas em balcões, resultando em uma economia de tempo e dinheiro. Com informações da Assessoria de Imprensa do TRT-2.

Revista Consultor Jurídico, 10 de dezembro de 2015, 13h35

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 18/12/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.