Consultor Jurídico

Palavra do doleiro

Supremo reconhece validade de acordo de delação premiada de Alberto Youssef

Retornar ao texto

Comentários de leitores

3 comentários

Quero ver criticarem agora

Flávio Marques (Advogado Autônomo)

Quando o juiz Mouro toma alguma decisão, logo vem uma trupe massacrar o juiz. Críticas ácidas e duras. Entretanto, todas as instâncias superiores respaldaram quase todas condutas do juiz. O que acho interessante é que quando o STF, por exemplo, respalda a conduta de Mouro, ninguém critica a corte com tanta veemência como fazem com Mouro. Por quê? Covardia!!! Coragem para disparar todo e qualquer tipo de munição contra um juiz de 1º grau todo mundo tem, aí, haja gente valente. Agora, para massacrar (e não uma crítica cordial) o supremo, bom, a coragem perde o ímpeto! Cadê as grandes bancas, cadê os ditos criminalistas de renome? Quero "ver" fazerem com o supremo o que fazem com o Mouro!

Lei è lei

Ariosto Moreira da Rocha (Bacharel - Administrativa)

STF deixa as Leis de lado e passa a julgar politicamente. Ministros do STF deveria ser escolhidos pelo povo, por meio do voto. O Único poder que não é escolhido pelo povo, estranho, não?

Injustiças

Ariosto Moreira da Rocha (Bacharel - Administrativa)

STF deixa as Leis de lado e passa a julgar politicamente. Ministro do STF é um dos Poderes, (Judiciário) deveria ser escolhido pelo povo, por meio do voto.

Comentar

Comentários encerrados em 4/09/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.