Consultor Jurídico

Prática discriminatória

Exército não pode excluir candidato devido a HIV, altura mínima ou número de dentes

Retornar ao texto

Comentários de leitores

4 comentários

Moeda de vários lados

Meygson Fialho (Estagiário - Criminal)

Conforme nossa Constituição não se deve descriminar por motivo de credo, raça, doença ou opção sexual mas o que se pode observar é a forma obrigatória de inclusão sem medir o mérito da causa! Observem rapidamente sem adentrar em tema: - Um Soro Positivo em treinamento de Guerra na Selva ou Paraquedista onde se passa por extrema dificuldades de raciocínio e físico? - O modo de Servir as Forças Armadas variam entre concurso público e alistamento obrigatório ( meio de vida e sonho de muitos jovens ) ou seja igual a Habilitação para Dirigir veículos, tem que se adequar às necessidades do Estado para adquiri ( concessão ). Se não podemos descriminar nada podem eleger-se condenados por crimes hediondos, crimes contra a administração Pública à Presidência do País, governo do Estado ou Legislador ( Dep. Fed. ou Est.) quer dizer nós já temos uma cultura de ser condenados durante ou após mesmo ( desculpem ) !

Edmundo Correia - Servidor de Tribunal Superior (Outro)

Observador.. (Economista)

Não sei se entendi bem seu comentário.
Mas vamos lá.Tire o BOPE do Rio de Janeiro e veja se melhora.
E o Exército, diferente do que muitos imaginam, está empobrecido porque foi uma escolha de governo agir assim.
Já nos Palácios da Justiça...se vive e se cultua a aparência. Vivem melhor que muitos Suíços ou Americanos.
Portanto, não é bem assim como o senhor falou.
Mas há o movimento pendular. Um dia tudo isto pode mudar.
Com tanta provocação, é interessante assistir o silêncio sepulcral dos comandos militares.
Em outras instituições, qualquer coisa como não ter auxílio isto ou aquilo...já produz movimentos, ameaças etc...
No caso dos militares...já se acostumaram em "tratar-de-qualquer-jeito" sem nada acontecer.
Vamos ver se isto se sustenta ad eternum.

Vamos treinar marmanjos porque falta equipamento

Edmundo Correia - Servidor do Judiciário (Outro)

Observador, o Exército precisa de marmanjos (igualzinho aos BOPEs da vida) para lutar com espada (igualzinho era na Grécia e em Roma), ou na porrada mesmo. Não tem dinheiro para equipamentos decentes que desdentados, HIV ou baixinhos nerds possam operar. Que país é esse? Pobre e sem tecnologia, mas que adora as aparências.

Quanto ódio

Observador.. (Economista)

Pelo Exército do próprio pais.
Um Exército de banguelas, adoentados e franzinos....e isto não é contrário a uma profissão que exige preparo, certa força física e saúde ?
Que pais...

Comentar

Comentários encerrados em 6/05/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.