Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Mudança de cultura

Novo corregedor-geral da Justiça Federal promete priorizar conciliação

O ministro do Superior Tribunal de Justiça Jorge Mussi tomou posse nesta segunda-feira (27/4) como novo corregedor-geral da Justiça Federal, sucedendo ao ministro Humberto Martins, que permaneceu no cargo por 13 meses.

Em litígios com o Poder Público, há a cultura de sempre recorrer, diz Mussi.
Gilmar Ferreira

Mussi anunciou durante a cerimônia que a prioridade de sua gestão será estimular e normatizar a conciliação. “Tenho consciência de que a conciliação na Justiça Federal é difícil porque envolve o Poder Público, onde há a cultura de sempre recorrer”, disse Mussi. Ele contou que, quando exerceu a presidência do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, a conciliação chegou a 70% dos processos.  

Para o ministro, é preciso dar uma resposta mais rápida às pessoas que buscam solução no Judiciário, implementando medidas que melhorem a qualidade dos serviços prestados. Ele citou dados do Conselho Nacional de Justiça, segundo os quais há um processo judicial em tramitação para cada dois brasileiros. Com informações da assessoria de imprensa do STJ.

Revista Consultor Jurídico, 28 de abril de 2015, 19h43

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 06/05/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.