Consultor Jurídico

Direito na Europa

Por Aline Pinheiro

Blogs

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Início de carreira

Ordem dos Advogados da Inglaterra discute salário mínimo para trainees

Até agosto do ano passado, um advogado no início da carreira na Inglaterra tinha de ganhar, pelo menos, 16,6 mil libras (R$ 75 mil) por ano. O salário mínimo dos trainees era então fixado pela entidade que regulamenta os escritórios, a Solicitors Regulation Authority (SRA). A entidade, no entanto, decidiu abolir a regulamentação com o argumento de que o piso geral na Inglaterra, de 6 libras (R$ 27) por hora, deve servir também para a advocacia.

A medida não agradou a Ordem dos Advogados inglesa. Para tentar remediar os efeitos do fim do piso e proteger os profissionais recém formados, a Law Society of England and Wales pretende aprovar uma recomendação sobre o mínimo que os escritórios devem pagar para um trainee

A proposta é que o salário anual nunca seja inferior a 19,8 mil libras (quase R$ 90 mil) para quem trabalhar em Londres e 17,4 mil (R$ 79 mil) para as outras regiões. Antes de editar uma recomendação, a Ordem está consultando os advogados para saber o que cada um pensa sobre o assunto.

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 21 de abril de 2015, 18h27

Comentários de leitores

1 comentário

Porque não deixar o próprio...

Celsopin (Economista)

advogado decidir se quer trabalhar remunerado ou mesmo de graça?

será que alguma guilda sabe melhor que a pessoa as circunstâncias do contrato de trabalho?

Comentários encerrados em 29/04/2015.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.