Consultor Jurídico

Artigos

Direito intertemporal

Livro faz reflexões sobre retroatividade das leis civis no Brasil

Comentários de leitores

7 comentários

É uma honra ver que autores de estofo circulam por aqui

Sérgio Niemeyer (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

Primeiro, o próprio autor, Mário Luiz Delgado. Agora o Desembargador Rui Portanova, autor de valiosíssima obra do direito brasileiro: “Princípios do Processo Civil”.
.
Percebe-se que as notícias divulgadas por esta revista eletrônica são perscrutadas por muita gente de quem não fazemos a menor ideia. Desde leigos até autoridades do mais alto escalão e elevado nível intelectual.
.
É uma honra poder fazer parte deste universo virtual. E ainda querem confiná-lo a cercas como se pudesse transformá-lo numa mera tribo. Assim como o Universo real, o virtual também não tem limites. Ambos são infinitos.
.
Já respondendo à indagação do insigne magistrado, aí vai a referência completa, segundo os cânones da ABNT:

DELGADO, Mário Luiz. Novo direito intertemporal brasileiro: da retroatividade das leis civis: problemas de direito internacional no Código Civil – doutrina e jurisprudência. 2. ed. rev. e ampl. São Paulo: Saraiva, 2014.
.
Boa leitura.
.
(a) Sérgio Niemeyer
Advogado – Mestre em Direito pela USP – sergioniemeyer@adv.oabsp.org.br

Refência.

ruiportanova (Juiz Estadual de 2ª. Instância)

A coisa parece que vai indo bem.
Agora já sabemos que ERIC é autor do livro.
Ainda aguardamos referência completa.

agora foi

Rogerio Ambientalista (Advogado Assalariado - Ambiental)

Sr. Delgado obrigado por ter se apresentado. Se o sr. nao tivesse escrito o post nós nunca saberíamos.

Seu livro pode até ser bom. Parabéns!

Mas o que escrevi, com todo respeito, mantenho.

Essa resenha é muito ruim. O autor é pernóstico, o texto não diz nada, é um vai e volta sem fim.

E se o autor vai pro STF, isso é o que a imprensa de vez em quando escreve. Dependendo do texto dele, pobres de nós.

Boa sorte com seu livro Sr. Delgado.

O autor é o competentíssimo advogado e professor

Sérgio Niemeyer (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

Mário Luiz Delgado, de quem tive a honra e o privilégio de ser colega na pós-graduação da USP e de cultivar sua amizade.
.
A obra é, como mui bem enfatiza a resenha crítica encimada, de leitura obrigatória pelos operadores do direito, pelo menos àqueles que fazem questão de estar “pari passu” com a evolução do pensamento jurídico, ainda mais sobre questões tão intrincadas e controvertidas como é esta do direito intertemporal, abordada cientificamente por grandes juristas como o italiano Carlo Francesco Gabba, que escreveu a “Teoria della retroattività delle leggi”, em 4 volumes, ainda no século XIX, e o francês Paul Roubier, autor de “Le Droit Transitoire”.
.
(a) Sérgio Niemeyer
Advogado – Mestre em Direito pela USP – sergioniemeyer@adv.oabsp.org.br

Referências bibliográficas

Mário Luiz Delgado (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

Prezados,
A obra é de minha autoria, recém publicada pela editora Saraiva. Trata-se de uma releitura do direito intertemporal brasileiro. Fiquei muito honrado com a leitura do professor Fachin e com as observações que registrou e gentilmente autorizou divulgar no Conjur. O STF estará engrandecido se e quando puder contar com nomes como o dele em seus quadros.

Omissão

Erik (Advogado Autônomo - Civil)

Quem é autor? Qual editora?

Que texto ruim...

Rogerio Ambientalista (Advogado Assalariado - Ambiental)

Com o perdao do articulista, mas que texto ruim.

Não se sabe se é uma resenha, se o autor está falando de um livro dele ou alheio, se está falando do conteúdo do livro e de ideias dele autor do artigo.

Puxa, se esse aí é um de nossos "ministeriáveis" pro STF, estamos bem...

Comentar

Comentários encerrados em 25/09/2014.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.