Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Crédito especial

OAB e Caixa firmam convênio para oferecer benefícios aos advogados

A Ordem dos Advogados do Brasil e a Caixa Econômica Federal firmaram, nesta segunda-feira (15/9), convênio para beneficiar a advocacia brasileira. O convênio inclui linhas de crédito especiais para compra de imóveis, subsídios para equipar escritórios, cartão de crédito com certificação digital e programa de milhagem que poderá ser utilizada para o pagamento de anuidades da OAB, fundos de investimento e linhas de crédito com taxas abaixo das praticadas pelo mercado, além de prioridade no atendimento nas agências bancárias.

O diretor-tesoureiro da entidade, Antonio Oneildo Ferreira, afirmou que não haverá qualquer custo adicional nos serviços oferecidos aos advogados. “Obtivemos condições em que há efetivamente o oferecimento de tarifas diferenciadas, que não existirão no balcão da Caixa aos demais correntistas.” Ele disse, ainda, que a Caixa será parceira das seccionais para o patrocínio dos eventos que colaborem com o aperfeiçoamento jurídico.

Segundo o diretor-executivo da instituição bancária, Édilo Ricardo Valadares, o banco também oferecerá benefícios aos advogados investidores, com fundos de investimentos especiais, além de uma gama de produtos e serviços estratégicos com rentabilidade destacada no mercado, bem como benefícios às pessoas jurídicas registradas na Ordem.

Liberação de alvarás
Outro tema tratado entre as entidades foi a dispensa de certidões e reconhecimento de firma para o levantamento de alvarás. A Caixa trabalha em parceria com a Ordem para o desenvolvimento de um sistema informatizado que fará a conferência do cadastro do profissional, simplificando o procedimento. A medida permitirá que os profissionais correntistas possam efetivar a transferência dos valores diretamente do escritório, sem custos adicionais.

A OAB também pleiteia que haja atendimento preferencial nas agências localizadas em foros e tribunais, para que não se corra o risco de perda de prazos por conta de atrasos em filas. Com informações da Assessoria de Imprensa do Conselho Federal da OAB.

Revista Consultor Jurídico, 16 de setembro de 2014, 14h33

Comentários de leitores

5 comentários

Ou lá ou cá. O importante é...sei lá.

SMSoares (Advogado Associado a Escritório - Empresarial)

A OAB faz convenio com a CEF e pede para os advogados da assistência judiciária suplementar (edital OAB.SP de 2013) possuírem conta corrente no Banco do Brasil? Como fica o princípio da economia processual?

A CEF age com descaso!

Marcos Arraes (Procurador do Município)

Penso que as seccionais e subseções precisam agir de modo a contribuir com a classe, pois do contrario, quando reclamamos individualmente, somos perseguidos sofremos retaliações nefastas...
Espero que os alegados benefícios sejam concretos e em alguns dias, enviarei email a CEF e ao OAB querendo saber do qual concreto são os alegados beneficios alcançados.
Colegas, quando houver ilegalidade, por favor, comuniquemos à OAB e tentemos não fazer justiça pessoal, mas por intermédio do órgão de classe - a OAB local.
Agora, que a OAB local, seccional e nacional, realmente, ajude-nos!

Pura propaganda barata

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Há anos eu ouço essa de que a OAB está articulando com a Caixa, que estão buscando melhorias, enquanto o atendimento para os advogados na verdade só piora. Tivesse os advogados algum controle por sobre a OAB, seria o caso de se intaurar uma investigação para verificar se quem está sendo beneficiado é deve adotar medidas reais, concretas, em face ao desrespeito à figura do advogado que se vê todos os dias nas agências da Caixa Econômica Federal.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 24/09/2014.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.