Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Profissão perigosa

OAB criará departamento para cuidar de casos de violência contra advogados

Durante reunião do Colégio de Presidentes de Seccionais da Ordem dos Advogados do Brasil, que ocorreu em Brasília, o presidente da OAB Pará, Jarbas Vasconcelos (foto), pediu a criação de um departamento de atuação nacional e outro específico para cada seccional, para monitorar, controlar e acompanhar casos de violência contra advogados.

A proposta de Vasconcelos, aceita por unanimidade pelos demais colegas, será levada à deliberação na próxima sessão plenária do Conselho Federal da OAB, no dia 15 de setembro.

Em seu discurso, o presidente da OAB paraense lembrou que dezenas de advogados foram assassinados nos últimos anos devido ao exercício da profissão. “Trata-se da nossa liberdade profissional em jogo, algo de mais valioso que temos. Nossa liberdade sofre mais ataques do que a dos jornalistas, por exemplo. O fato é que ser advogado se tornou a atividade profissional mais perigosa do mundo, e o que temos visto é uma impossibilidade de preservar direitos quando o universo avança no sentido contrário, do cerceamento às liberdades”, disse.

Vasconcelos ressaltou que a OAB tem uma comissão nacional e uma procuradoria de defesa de prerrogativas, mas há carência de estatísticas sobre casos de violência. “Não temos um departamento que monitore estatisticamente todos os casos de violência contras as prerrogativas, inclusive assédio e, infelizmente, mortes. Não sei se alguma seccional consegue, mas hoje somos incapazes de responder certamente quanto aos casos de sequestros, assassinatos e outros crimes mês a mês, semana a semana”, afirmou. Com informações da assessoria de imprensa da OAB.

Revista Consultor Jurídico, 3 de setembro de 2014, 16h29

Comentários de leitores

8 comentários

Porte de armas ?

Resec (Advogado Autônomo)

Porte de armas para advogado ?

Um "VIVA" ao Fernando José Gonçalves (Advogado Sócio de Escr

Marco 65 (Industrial)

O comentário do Dr. Fernando traduz o pensamento de toda uma classe... não há que se retirar nem acrescentar nada...
Parabéns ao comentarista!

Bolsa proteção/oab

Fernando José Gonçalves (Advogado Sócio de Escritório)

Agora a bola da vez são os advogados, os próximos a serem tutelados por algo ou alguém. Num país de "deficientes genéricos crônicos", onde o Estado/Entidades deve(m) sempre estar presente(s) auxiliando em alguma coisa (pelo menos figurativamente, para dar IBOPE e ganhar votos nas eleições), seremos amparados pela nossa gloriosa instituição, preocupadíssima com os rumos da advocacia e mais ainda com os assassinatos de colegas defensores de bandidos e facções criminosas. Com o cartão "Advogado Protegido e Monitorado 24 hs", nos sentiremos seguros diante dos clientes mais rebeldes. Entretanto, se não for possível evitar os crimes, partiremos para o além certos de que o nosso caso será catalogado, estudado e pautado em estatística para divulgação em boletins da OAB. Isso é que é trabalhar em função da classe.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 11/09/2014.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.