Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Anúncio oficial

Dias Toffoli diz que 97% dos registros de candidatura foram julgados

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Dias Toffoli, afirmou que foram julgados 97% dos requerimentos de registros de candidatura que chegaram ao tribunal. “Faltam apenas 3%. Com certeza, muito antes da diplomação dos eleitos, conseguiremos dar cabo desse pequeníssimo número de requerimentos que ainda pendem nesta Corte”,

Dentre os casos que aguardam análise do tribunal estão os deputados federais Paulo Maluf (PP-SP) e André Moura (PSC-SE), que disputaram a reeleição. Os dois foram barrados pela Lei da Ficha Limpa. O anúncio foi feito durante entrevista coletiva que aconteceu após a divulgação do resultado da eleição presidencial, na sede do tribunal, em Brasília. 

Debate civilizado
No começo da entrevista, o presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Ricardo Lewandowski, afirmou que os brasileiros compareceram de forma "ordeira e pacífica" às urnas. "As eleições, como nós vimos, foram extremamente disputadas, mas o povo, o conjunto de cidadãos, levou esse debate de forma civilizada”.

O vice-procurador-geral Eleitoral, Eugênio Aragão disse que a atuação do ministro Dias Toffoli durante o processo eleitoral “foi essencial para que tivéssemos um processo tranquilo e que realmente chegasse a esse resultado de forma pacífica. O Brasil deu uma demonstração de civilidade nesse processo e vamos agora, a partir desse momento, trabalhar com os procedimentos que nos restam”.

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Marcus Vinícius Furtado Coêlho, disse que “a advocacia brasileira contribuiu de modo indelével para o êxito da democracia” durante o processo eleitoral. “Fundamentalmente temos a vitória da democracia brasileira. Na sétima eleição presidencial, o estado democrático brasileiro demonstra altiva a norma constitucional respeitada. Temos mandatos populares constitucionalmente obtidos”, afirmou. Com informações da Assessoria de Imprensa do TSE.

Revista Consultor Jurídico, 27 de outubro de 2014, 19h42

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 04/11/2014.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.