Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Edição extra

Veja publica direito de resposta do PT sobre desvios na Petrobras

A revista Veja não conseguiu impedir a determinação do Tribunal Superior Eleitoral e teve que veicular em seu site, neste domingo de eleições (26/10), a resposta da candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT) à reportagem publicada na edição desta semana sobre o depoimento prestado pelo doleiro Alberto Youssef à Justiça Federal, em que ele afirmou que tanto a candidata quanto o ex-presidente Lula sabiam dos desvios na Petrobras para financiar campanhas eleitorais.

O direito de resposta foi concedido pelo ministro Admar Gonzaga por meio de liminar nesse sábado (25/10). A Veja até tentou barrar a decisão no Supremo Tribunal Federal, ao encaminhar pedido ao ministro Gilmar Mendes para que ampliasse os efeitos de uma liminar do início do mês contra o pedido de resposta, mas não teve êxito.

Leia a resposta de Dilma à reportagem da Veja:

Direito de resposta

VEJA veicula a resposta conferida à Dilma Rousseff, para o fim de serem reparadas as informações publicadas na edição nº 2397 - ano 47 - nº 44 - de 29 de outubro de 2014.

A democracia brasileira assiste, mais uma vez, a setores que, às vésperas da manifestação da vontade soberana das urnas, tentam influenciar o processo eleitoral por meio de denúncias vazias, que não encontram qualquer respaldo na realidade, em desfavor do PT e de sua candidata.

A Coligação "Com a Força do Povo" vem a público condenar essa atitude e reiterar que o texto repete o método adotado no primeiro turno, igualmente condenado pelos sete ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), por terem sido apresentadas acusações sem provas.

A publicação faz referência a um suposto depoimento de Alberto Youssef, no âmbito de um processo de delação premiada ainda em negociação, para tentar implicar a Presidenta Dilma Rousseff e o ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva em ilicitudes. Ocorre que o próprio advogado do investigado, Antônio Figueiredo Basto, rechaça a veracidade desse relato, uma vez que todos os depoimentos prestados por Yousseff foram acompanhados por Basto e/ou por sua equipe, que jamais presenciaram conversas com esse teor.

Revista Consultor Jurídico, 26 de outubro de 2014, 11h17

Comentários de leitores

6 comentários

Ao menos em SC

andreluizg (Advogado Autônomo - Tributária)

O PT aqui em SC jogou sujo. Não fiquei sabendo de desrespeito nem atos de extrema direita pelos que votaram ou defendiam Aécio. Muito pelo contrário. Aqui os correligionários da "presidenta" usaram de órgãos públicos para alardear mentiras ou fazer propaganda, falsas panfletagens, e outros meios inidôneos para angariar votos.
Tenho maior orgulho de ser catarinense e poder dizer que somos o Estado com menor desigualdade, menor violência, e acredito com melhor qualidade de vida. E não é à toa que foi o Estado que mais votou na oposição. Parece que o aspecto sombrio que paira sobre as políticas populistas com fundo socialista está se tornando gritante, de manter o povo pobre e desinformado.
Por uma maior autonomia aos Estados, uma federação de verdade!

Rolo compressor antidemocrático

Radar (Bacharel)

Já na minha cidade, praticamente não há propaganda pró Dilma nos carros, dado o terrorismo ideológico patrocinado pela "onda" tucana. Carros são riscados e vidros são quebrados, por fanáticos partidários. Propaganda tucana, pode. Só em ambientes bem restritos pode-se confessar o voto petista, sem ser insultado ou receber retaliações. Não há respeito à diversidade de opiniões. Há apenas ódio e espírito de manada. Parte disso se deve ao partidarismo da mídia. PSDB é um partido mais ou menos de centro. Mas o ódio uniu-os à extrema direita, aos racistas, separatistas, fundamentalistas e todos os piores "istas" que se possa umaginar. Seja quem for eleito, a fatura virá.

Revista veja - pt - dilma - direito de resposta.

Renato C. Pavanelli. (Advogado Autônomo - Civil)

Veja publica direito de resposta do PT sobre desvios na Petrobras.
=================================
Como sempre, o P.T, a Presidente Dilma, Lula e os Petistas, são finos na arte da dissimulação, na arte de enganar e de mentir.
Primeiro montam um dos maiores sistema de corrupção e desvios de verba do mundo, e, depois, ficam querendo defenderem-se.
Na minha cidade, o PT e seus asseclas, estavam correndo para cobrir postes próximos de locais de votação, cuja mensagem em primeiro plano fazia alusão mais ou menos nestes termos: "DILMA FORA" Leve os Petistas junto.
Dizia ser elaborado pelos comunistas jovens do Brasil.

Como o cartaz colado muito bem não podia ser removido do poste, cobriram com um papel branco e fita colante, com medo que o povo visse o cartaz.

Até isso são pequenos, pensam que podem atacar e apontar o dedo indicador sempre e em qualquer lugar, porém, quando a crítica é contra esses vermelhos parasitas, dai correm pedir direito de resposta e cobrir os cartazes como o descrito.
Mesmo que a presidente ganhe, é dever das entidades sérias e isentas do Brasil, analisar a questão da Petrobras e do Mensalão, e, quem sabe, pedir o Impeachment da presidente Dilma e perda de direitos políticos de Lula.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 03/11/2014.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.