Consultor Jurídico

Decisão unânime

Câmara do TJ-RJ mantém condenação a agente que disse que "juiz não é Deus"

Retornar ao texto

Comentários de leitores

47 comentários

Deus não é juiz.

Immanuel Kant (Advogado Sócio de Escritório)

Dizem que Deus estava transitando em seu carro por uma avenida movimentada do Rio de Janeiro, quando foi parado numa blitz policial da lei seca. Deus estava sem CNH, documentos do veículo, e o carro divino estava sem as placas. Aí ele todo simpático disse à policial que ele era Deus e que por tal razão não poderia ser multado. Aí ela simplesmente disse a ele ironicamente: -ora, você é Deus mas não é juiz.

Não é!

Neli (Procurador do Município)

Todos os brasileiros,sem exceção, devem cumprir as leis. Todos os brasileiros,sem exceção, são iguais perante as leis. Se o juiz tivesse cumprido a lei de trânsito não teria sido parado,ou até poderia,estaria com os documentos em dia.O juiz, pelo que se lê, não estava cumprindo o CTB- Código Brasileiro de Trânsito (aliás, juridicamente correto seria Código Nacional de Trânsito ) e queria sair com o carro em situação irregular.A moça disse juiz não é deu.Ela está errada, deveria ter dito:Juiz tem que cumprir como todos a lei.Juiz é cidadão como nós outros.Assim,parece-me, pelos elementos que os jornais descrevem,que mais uma vez, o Egrégio Tribunal de Justiça está errado.Deve recorrer ao STJ e tenho por mim que o caso pode até chegar ao STF:princípio da igualdade de todos perante a lei.

tá tudo errado!!! MUITO ERRADO!!!

Henrique Mello (Professor)

Presidente do TJRJ, então errado! Juiz algum pode ir solitariamente p/ casa após plantão noturno! Houvesse segurança armada e preparada, o desfecho seria outro, com certeza, e com nenhuma exposição do Magistrado. Presidente da Cia. de Trânsito - sua servidora, além de rebelde, descarada e cheia de falácias ácidas é muito inculta, pois desconhece o ofício do Juiz de Direito! Qdo disse o q disse foi clara para quem entende desses meandros: ele não era deus, era um simples zémané como nóis! Se apostou em retaliar alguém que disse e provou o que era, não pode, agora, queixar-se, e muito menos 'virar' parlamentar com os dividendos políticos q capitaliza. Não percebeu q cada minuto a vida desse Magistrado esteve debaixo de risco inaceitável? Se nem preso pode o juiz ser, qdo deverá ser apresentado ao TJRJ imediatamente, quando mais ficar se defendendo de picuinhas criadas c/ claro sabor de rebeldia, afronta e desrespeito. Bastava liberar logo o Juiz e comunicar o fato a seus superiores. Mas optou pelo julgamento sumário, cheia de razão, de público, não tendo pois do que se queixar. Isso que dá propagar p/ ignorantes que algum dia poderá haver igualdade entre desiguais, invertendo práticas seculares desde que o mundo é mundo. Francamente é o cúmulo do absurdo e da inversão de valores. Muito mais poderia escrever, porém, para um bom entendedor, meia palavra basta! hm.

Os escravos contemporâneos

wilhmann (Advogado Assalariado - Criminal)

A cotização como ocorrida já mostra que não concordamos com as carteiradas desses que nos exploram diuturnamente com sentenças parciais, com assalto as verbas publicas, veja o auxílio moradia, autentica e nefasto absurdo que se impõe de modo unilateral. Devemos agir na linha dos franceses de 1789, exercer nossos direitos, colocar na guilhotina juízes, políticos, autoridades do executivo que de fato se acham deuses, colocando-nos um elmo a nos impedir de olhar para suas bestialidades cotidianas. Se calarmos seremos os novos escravos a que se reportas Aristóteles, instrumentalizados a fins escusos!

lamentavel

Palpiteiro da web (Investigador)

A agente de transito participara da blitz da Lei Seca e se depara com uma pessoa que se identifica como Juiz de Direito de posse de veiculo sem placa, sem documento e sem CNH, fato que, por obvio, fez a devida apreensao do automovel e lavrou as multas cabiveis. Todavia, em funcao de uma frase proferida pela agente, o juiz, sentindo-se ofendido, resolveu dar voz de prisao e, pior, o juiz foi premiado pela in-Justica na quantia de 5 mil reais a titulo de indenizacao. Meu deus, inverteram as coisas! O certo eh considerado errado e o errado tido como certo.

Se sentir ofendido por ouvir que não é Deus?

Diogo Duarte Valverde (Advogado Associado a Escritório)

Isso não é fazer piada, é apenas constatar uma simples realidade. Nenhum juiz é Deus. Eu também não sou, ninguém é. Se sentir ofendido por ouvir que não é Deus, isso sim, soa como uma piada. E de mau gosto.

Que sirva de lição a todos os 'agentes públicos'.

Ademilson Pereira Diniz (Advogado Autônomo - Civil)

Não é lícito a nenhum agente público fazer piadinha envolvendo a profissão ou qualquer outro aspecto da vida do CIDADÃO que está, momentaneamente ou não, submetido ao seu ofício, no caso, submetido ao ofício de fiscal de trânsito. Se o JUIZ se apresentou como juiz, o que de fato ele é, e não utilizou seu cargo para 'pedir' nenhum benefício em face das irregularidades que apresentava na posse do automóvel, não havia nenhum motivo para a 'agente' sair-se com piadinha, por ela mesma confessada, alegando, todavia, que disse a 'frase' ao policial que estava presente e não ao próprio Juiz: ora, não interessa a quem ela disse a frase: o fato é que o JUIZ a ouviu e, SIM, ela tentou disfarçar, mas estava a dizer, mesmo ao JUIZ. Tratou-se de um atrevimento não aceitável, um descarado ABUSO pelo qual foi PUNIDA. Que sirva de lição a muitos e muitos 'agentes' público, policiais, fiscais, servidores em geral, que servem-se de seus cargos para, em diversos casos, travestirem-se de DEUS e atormentarem CIDADÃOS.

Comentar

Comentários encerrados em 20/11/2014.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.