Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Troca na composição

TJ-SP elege três novos integrantes do Órgão Especial

O Tribunal de Justiça de São Paulo elegeu na segunda-feira (10/3) três novos integrantes de seu Órgão Especial. Os desembargadores Antonio Carlos Villen (211 votos) e Ademir de Carvalho Benedito (190 votos) foram escolhidos pelos próprios colegas para as vagas destinadas a desembargadores de carreira, superando o desembargador Luís Soares de Mello Neto (179 votos). Já a cadeira do quinto constitucional do Ministério Público, foi escolhido o desembargador Luiz Antonio de Godoy, candidato único ao posto.

Antonio Carlos Villen nasceu em Itaí em 1954, formou-se em Direito pela Universidade de São Paulo, ingressou na magistratura em 1981 e atuou em Piracaia, Itápolis e São Paulo. Promovido por antiguidade ao 2º Tribunal de Alçada Civil de São Paulo em 2003, chegou ao TJ-SP em 2005.

Já Ademir de Carvalho Benedito nasceu na capital paulista em 1951, formou-se na USP e ingressou na magistratura em 1978. Após atuar em Conchas, Presidente Epitácio, Itanhaém e São Paulo, foi promovido ao 1º Tribunal de Alçada Civil em 1993, 12 anos antes de sua chegada ao Tribunal de Justiça.

Luiz Antonio de Godoy também nasceu em São Paulo, em 1949, é formado pela USP e atuou no Ministério Público entre 1972 e 1994, em Paraibuna, Jacareí, Itapecerica da Serra, São Caetano do Sul e São Paulo. Após ingressar no 1º Tribunal de Alçada Civil em 1994, tomou posse como desembargador em 2002.

TRE-SP
No mesmo dia, foi promovida eleição para juiz substituto do Tribunal Regional Eleitoral na classe de desembargador. Com 88 votos, foi escolhido o desembargador Waldir Sebastião de Nuevo Campos Júnior, vencidos José Antonio Encinas Manfré, Paulo Alcides Amaral Salles, Jeferson Moreira de Carvalho e Mauro Conti Machado.

Natural de São Paulo, Campos Júnior formou-se na Faculdade Católica de Santos e seu ingresso na magistratura ocorreu em 1983. Após passar pelas comarcas de Jaboticabal, Cananeia, Pereira Barreto, Guarulhos e São Paulo, foi eleito juiz efetivo do TRE-SP em 2004 e, em 2009, foi empossado no Tribunal de Justiça de São Paulo. Com informações da Assessoria de Imprensa do TJ-SP.

Revista Consultor Jurídico, 12 de março de 2014, 12h11

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 20/03/2014.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.