Consultor Jurídico

Comentários de leitores

5 comentários

Quanta petulância.....

Ademilson Pereira Diniz (Advogado Autônomo - Civil)

Quer dizer que o JUIZ negou a prisão domiciliar, já que é evidente que não há no local sala de Estado Maior, sob o esdrúxulo fundamento de que não ficou provado, etc, etc., conversa de compadres, fuxico de madame, etc. e tal? Ora LEI é óbvia e não permite ilações para a sua negação. O JUIZ quer ser legislador? Então enfrente filiação a partido político e eleições, ora bolas... Se não há exceções na LEI, não cabe a um JUIZ criá-las (há um provérbio que vem desde o Direito Romano que diz que onde não há exceções, não cabe ao juiz criá-las ou imaginá-las...Isso se aprende já no primeiro ano de uma boa Faculdade de Direito). Está na hora de se pensar em responsabilizar os JUÍZES quando, em casos em que tais, afronta dispositivo expresso e de fácil leitura da LEI. Julgar não é criar lei, mas aplicá-la. Aliás, a JUSTIÇA não é assunto par JUÍZES; o JUIZ deve se restringir a APLICAR A LEI.

Oab em ação

Inácio Henrique (Serventuário)

Gostaria de ver essa atuação da OAB quando as partes são intimadas para apresentarem alegações finais, no processo penal, e os defensores simplesmente somem.

Este é o Brasil de hoje...

Marco 65 (Industrial)

Um estatuto sendo sobreposto às leis...
Bem que os advogados comentam mesmo que Juiz substituto complica,ao invés de resolver...

Sala Maior?

Fernando Romero Teixeira (Prestador de Serviço)

O que deve ter, como deve ser uma sala do Estado Maior? No Brasil o que impera é o Estado menor, portanto deixa solto, independente de matar, roubar, sequestrar, ludibriar........ Lógico que no caso em questão o causídico deve ter cometido os crimes no interesse da profissão. Louco de vontade de ir morar em um local de pessoas sãs.

melhor o juiz colocar em liberdade e prender ao final do pr

daniel (Outros - Administrativa)

melhor o juiz colocar em liberdade e prender ao final do processo. Caso contrário, vai querer detração deste período que ficou preso em domiciliar e sem fiscalização.

Comentar

Comentários encerrados em 14/05/2014.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.