Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Novos mandatos

TJ de São Paulo elege quatro membros para seu Órgão Especial

O Tribunal de Justiça de São Paulo elegeu, nesta quarta-feira (25/6), quatro membros para seu Órgão Especial. Foram escolhidos, na classe carreira, os desembargadores José Roberto Neves Amorim (206 votos), Dimas Borelli Thomaz Júnior (165 votos) e Paulo Dimas de Bellis Mascaretti (248 votos), que foi reeleito. Pelo quinto constitucional, o vencedor foi o desembargador João Negrini Filho (102 votos). O mandato é de dois anos.

Os novos membros ocupam as vagas deixadas pelo término dos mandatos dos desembargadores Paulo Dimas, Itamar Gaino, Luis Antonio Ganzerla e Roberto Nussinkis Mac Cracken.

A apuração dos votos ocorreu após a sessão de hoje do colegiado. Os vencedores foram anunciados pelo presidente do TJ-SP e, consequentemente, do órgão, desembargador José Renato Nalini. Ele agradeceu o alto índice de participação e afirmou que a democracia está sendo exercida no maior tribunal do mundo.

Biografias
Natural de São Paulo, José Amorim é formado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Também é mestre e doutor em Direito das Relações Sociais pela mesma instituição. Ingressou na magistratura em 1984 como juiz de direito substituto de Sorocaba e São Caetano do Sul. Tomou posse como desembargador em 2007.

Paulista de Guariba, Dimas Thomaz Júnior é graduado em Direito pela USP. Foi promotor de Justiça entre 1976 e 1983, ano em que iniciou sua carreira na magistratura no cargo de juiz substituo em 1º grau na 39ª Circunscrição Judiciária, com sede em Batatais. Foi empossado como desembargador em 2009.

Formado em Direito pela USP, Paulo Mascaretti estreou na magistratura em 1983 como juiz substituto da 1ª Circunscrição Judiciária, sediada em Santos. Também atuou em São Luiz do Paraitinga, Itanhaém e Barueri. É desembargador desde 2005. Já comandou a Associação Paulista de Magistrados e disputou, em 2013, a presidência do TJ-SP.

Natural de São Paulo, João Negrini Filho é formado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Foi nomeado desembargador, pelo quinto constitucional, em 2005.

Revista Consultor Jurídico, 25 de junho de 2014, 18h08

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 03/07/2014.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.