Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Direito e política

José Roberto Batochio será vice na chapa do PMDB ao governo de SP

O advogado criminalista e ex-presidente da seção paulista da Ordem dos Advogados do Brasil José Roberto Batochio integrará como vice a chapa do pré-candidato ao governo de São Paulo do PMDB, Paulo Skaf. A escolha é fruto de uma aliança entre PMDB e PDT, partido de Batochio.

“É um homem experiente e equilibrado com quem eu tenho um relacionamento muito bom há muitos anos. É preciso que haja esse afinamento entre o governador e o seu vice”, afirmou Skaf nesta quarta-feira (4/6). Com a aliança, o peemedebista terá aproximadamente quatro minutos no horário eleitoral gratuito.

Deputado federal pelo PDT de São Paulo entre 1998 e 2002, Batochio ganhou destaque ao defender, em 2006, Antonio Palocci, ex-ministro da Fazenda do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e ex-chefe da Casa Civil de Dilma Rousseff, no caso de quebra de sigilo do caseiro Francenildo Costa. Atualmente, defende o deputado federal André Vargas, ex-PT e hoje sem partido, acusado de envolvimento com doleiro Aberto Yousseff.

Revista Consultor Jurídico, 5 de junho de 2014, 18h49

Comentários de leitores

4 comentários

ex da oab sp

silveira (Consultor)

para aqueles que nao estudam historia este senhor foi reconhecido, como do CCC, comando de caça a os comunistas, assim como um empresário de empresa de gás residência , quer dizer vendia botijões de gaz , que usava os caminhões para ficar de campana para entregar os comunistas ao regime de 64 , isto sim que é ``patriotismo`` ao regime.. da-lhe democracia representativa

Vamos lá.

PAULO FRANCIS (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

Vai firme. Estou com Batochio e Skaf.

Implementou estatuto

Marcellus Glaucus Gerassi Parente (Advogado Sócio de Escritório)

Além de haver implementado o texto atual do Estatuto da OAB, enquanto presidente do Conselho Federal.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 13/06/2014.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.