Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Morte de operários

Caixa-preta não tem dados sobre acidente na Arena Itaquera

A Odebrecht Infraestrutura recebeu comunicado do Ministério do Trabalho informando que não há registro de qualquer informação sobre o acidente nas obras da Arena Itaquera na caixa-preta do guindaste envolvido no acidente. A queda de parte da estrutura do estádio, que está sendo erguido na zona Leste de São Paulo para a Copa do Mundo de 2014 e será usado pelo Corinthians após o torneio, ocorreu em 27 de novembro de 2013 e resultou na morte de dois operários, além do atraso no cronograma das obras.

Os dados sobre a caixa-preta foram repassados ao ministério pela empresa alemã Liebherr, fabricante do guindaste. Após o acidente, o dispositivo foi retirado do equipamento por técnicos da companhia e levado para a Alemanha, exatamente com o objetivo de que fosse feita sua análise. Em nota, a Odebrecht manifestou “profunda estranheza e perplexidade” com tal afirmação, já que os dados seriam fundamentais para a apuração do caso e a descoberta das razões do acidente.

Com base nas informações da caixa-preta, de acordo com a nota divulgada pela empresa que constrói o estádio, seria possível apurar se houve falha humana, falha no equipamento ou se um problema no solo da obra foi a causa do acidente. A Odebrecht disse que aguarda uma manifestação pública da Liebherr com esclarecimentos técnicos sobre a tragédia, além da devida satisfação aos parentes das vítimas, à sociedade e às autoridades.

Revista Consultor Jurídico, 29 de janeiro de 2014, 12h53

Comentários de leitores

1 comentário

São duas caixas pretas

Fernando José Gonçalves (Advogado Sócio de Escritório)

Uma é a própria 'OLDEBRECHT", sempre envolvida em escândalos nas obras públicas (e olha que essa caixa nunca ninguém conseguiu abrir); a outra é a do guindaste, provavelmente com chave guardada na primeira.

Comentários encerrados em 06/02/2014.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.