Consultor Jurídico

Notícias

Medida extrema

STF não aprovou intervenção federal após Constituição de 88

Comentários de leitores

4 comentários

Correto

Luiz Gustavo Marques (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

Aprovar um intervenção federal é algo muito grave e, em minha modéstia opinião, bem tem feito o Supremo Tribunal Federal em não chancelar, ao menos por enquanto, essa prática, inclusive no Maranhão. Existem caminhos menos tortuosos para resolver o problema em questão, um deles seria o afastamento da Governadora, por meio de uma ação de improbidade (que em minha opinião está mais que configurada no episódio).

A constituição federal e o conto de fadas

MSRibeiro (Administrador)

Determinada ocasião quando meu filho tinha 3 anos de idade, ele me pediu para ler algum conto de fadas.Como a Constituição estava por perto, comecei a ler e ele quase acreditou em tudo que lá estava escrito.

Sempre há uma primeira vez!

Helio Telho (Procurador da República de 1ª. Instância)

Antes de 2013, o STF também nunca tinha mandado políticos para o xadrez. Ao contrário, sempre tinha os restituído à liberdade.

Pelego

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

O Supremo Tribunal Federal é uma Corte de natureza política, tendo como incumbência real atuar como uma espécie de "pelego" (ou seja, amortecedor) entre o crime e a sociedade. O fato de terem sido cometidos crimes contra a Humanidade é irrelevante na atuação do STF.

Comentar

Comentários encerrados em 18/01/2014.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.