Consultor Jurídico

Comentários de leitores

9 comentários

Freddy Krueger

Mário Fernando Ribeiro de Miranda Mourão (Advogado Autônomo)

Esse foi o melhor argumento da história.

Lei antiterror

Lucio Alves (Engenheiro)

O crime organizado promove rebeliões em presídios, incendeia ônibus, realiza arrastões matando,assaltando e aterrorizando, os menores matam sem piedade por um par de tênis, as facções executam policiais, promovem toque de recolher em comunidade inteiras, a polícia executa cidadãos, dão sumiço nos corpos e nada disso é terrorismo?

Jogo de palavras

J.A.Tabajara (Advogado Autônomo)

O articulista prende-se ao significado semântico da expressão terrorismo para contestar a validade da lei que
condena a baderna. A denominação não é importante para quem quer e tem o direito de viver em paz. Se a expressão
é inadequada, a eficácia da lei é o desejável, permitindo
em outra ocasião o aprimoramento literário.

Badernas

Zé Machado (Advogado Autônomo - Trabalhista)

Leis para acabar com badernas e anarquias, são bem vindas, porque nunca se identifica a origem de tais ações, se pontuais, ideológicas ou mistas de terrorismo, como quase ocorreu no Rio Centro, pelos coiotes da ditadura.

Olhando melhor o perfil do articulista

Abbakan (Administrador)

Totalmente tendencioso ! Advogados deveriam ser pela ordem !

Mal informado 2

Abbakan (Administrador)

Sobre o terrorismo "fica no imaginário um grupo organizado, financiado, disposto a explodir bombas em civis para que sua pauta seja atendida. Um rojão deixado à sorte na rua não autoriza, nem de longe, a afirmar a existência de grupo terrorista no país, muito menos a ponto de tipificar algo complexo e polêmico.", comparar o Brasil com países com grupos guerrilheiros para explicar o terrorismo é um grande exagero. O crime organizado vem atuando e conforme sua definição acima é organizado, financia e é disposto a explodir, incendiar, matar... Não se pode enquadrar ações como os ataques a bases da policia como ação de ladrões, assaltantes, se a concepção da palavra terrorista é para aquele que causa terror, podemos sim enquadrar quem incendeia ônibus, solta bombas, causa explosões em via publica como terrorista. Sobre o Brasil só ter entrado em guerra pra ganhar, tenha a santa paciência !!!

Mal informado

Servidor estadual (Delegado de Polícia Estadual)

O Brasil já se eximiu por diversas vezes de reconhecer as FARCs como instituição terrorista para não ter de expulsar seus membros do país, nem os prender, deu asilo político a um com a escolta de um membro do MPF, e na triplice fornteira atua um grupo de financiamento a grupos terroristas, fato já fartamente anunciado pela imprensa. E ninguém via autuar um garoto de mascara preta como terrorista, pois existem outros tipos para coibir tais condutas, como dano, lesão corporal, etc.

Complementação...

João Ricardo 1 (Outros)

Acho que seria mais honesto o articulista consignar que não é "apenas" advogado criminalista, mas também membro do IBCCrim, Instituto de defesa do direito de defesa e dos "advogados ativistas" , seja lá o que o último signifique.
Aí fica fácil entender a "isenção" de sua posição.

Errado

Prætor (Outros)

Este PL, que já é frouxo de dar dó, visa, apenas apenar os que destóem o patrimônio alheio, turbam o direito dos demais cidadãos de voltarem para suas casas, ameaçam a vida e a integridade física dos outros.
O PL trata disso.

Comentar

Comentários encerrados em 3/03/2014.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.