Consultor Jurídico

Notícias

Ministro Carlos Alberto

Antes de aposentadoria, presidente do TST é homenageado

Desembargadores presentes no Colégio de Presidentes e Corregedores dos Tribunais Regionais do Trabalho (Coleprecor), em Brasília, homenagearam o presidente do Tribunal Superior do Trabalho, ministro Carlos Alberto Reis de Paula, na primeira reunião ordinária deste ano. Ele se aposentará ainda neste mês, ao completar 70 anos.

Para o coordenador do colégio, o desembargador Ilson Alves Pequeno Junior, a carreira pública do ministro serve de exemplo e como modelo de dedicação, desde sua atuação no estado de Minas Gerais até a presidência do TST e do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), passando pela Corregedoria Geral da Justiça do Trabalho.

O ministro Carlos Alberto (foto) entregou em primeira mão ao coordenador do Coleprecor o Relatório de Atividades 2013 do CSJT, balanço das atividades realizadas no ano passado. O presidente do TST ficará menos de um ano na função — ele assumiu em março de 2013, e seu aniversário é em 26 de fevereiro.

Nomeado à corte pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), Carlos Alberto formou-se em Direito pela Universidade Federal de Minas Gerais em 1970 e atuou como conselheiro do Conselho Nacional de Justiça, corregedor-geral da Justiça do Trabalho, juiz e técnico do Tribunal de Contas da União. Com informações da Assessoria de Comunicação do TRT-9 e do TRT-14 .

Revista Consultor Jurídico, 21 de fevereiro de 2014, 10h26

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 01/03/2014.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.