Consultor Jurídico

Comentários de leitores

4 comentários

Eu sonho com quem comente do que entende

Itamar Brito (Serventuário)

As regras do concurso de crimes e do crime continuado no Direito Penal Militar são diferentes daquelas do Direito Penal. É bom saber do que se fala antes de comentar.

Insanidade

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

No momento sonho com um Brasil na qual o membro do Ministério Público e o juiz tenham aberto ao menos aquele manual mais mixuruca de direito penal, que lá na terceira ou quarta página diz o que é crime continuado. Enquanto meu sonho não se torna realidade, resta lamentar a insanidade e o uso da toga para a busca desmedida de reconhecimento popular, com penas que nem mesmo os mais rigorosos tribunais da inquisição ousaria aplicar.

Constituição não serve para mais nada

mfontam (Advogado Sócio de Escritório - Administrativa)

A Constituição proibe penas perpétuas. Essa decisão equivale à prisão perpetua, algo expressamente proibido pela Constituição. Caberia ao STF garantir que a Constituição efetivamente valesse, pois pela natureza dos crimes informados na notícia nada justifica penalidades dessa magnitude, se é que os acusados são realmente culpados. Mas a Constituição não está servido para mais nada.

Absolvição não dá

Fernando José Gonçalves (Advogado Sócio de Escritório)

Absolvição fica difícil, mas dá para reduzir essa pena em, pelo menos, 30 anos.

Comentar

Comentários encerrados em 13/02/2014.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.