Consultor Jurídico

Comentários de leitores

4 comentários

Maluf

Adevalle (Administrador)

É dinheirama sem fim...vai morrer de velho e não será condenado a absolutamente nada. Duzentos milhões de brasileiros sabe que ele roubou e tripudia da justiça.

Dois erros não fazem um acerto

Gabriel da Silva Merlin (Advogado Autônomo)

É bem verdade que a decisão do TSE para negar a candidatura de Paulo Maluf foi absurda, foi o típico populismo judicial, onde se julga o processo pela capa e não pelo seu conteúdo.

Entretanto como dizem os populares "dois erros não fazem um acerto", na minha opinião igualmente absurda é esta decisão do TSE que em sede de declaratórios reviu toda a sua decisão e mudou totalmente a decisão. Bem ou mal o fato é que a questão foi julgada.

Infelizmente hoje vivemos da boa vontade dos julgadores em decidir se julgam procedente ou improcedente um processo, porque eu DUVIDO que se fosse qualquer outro processo comum iria ser completamente revertida uma decisão tomada pelo plenário de um Tribunal Superior na via dos embargos declaratórios.

Como já dito, bem ou mal mas o processo foi julgado pelo plenário de um Tribunal Superior, caso a parte tenha se considerada prejudicada pela decisão caberia o extraordinário para o STF, e não um embargos declaratórios fazendo as vezes deste (do recurso extraordinário).

O propósito da vida

Luiz Carlos de Oliveira Cesar Zubcov (Advogado Autônomo)

Qual o sentido da vida em uma sociedade poltrona?
É o escárnio de meia dúzia contra 200 milhões de brasileiros.
Tenho que me render: somos de fato covardes.

Decisão vergonhosa

Juarez Araujo Pavão (Delegado de Polícia Federal)

Está na hora de uma reação justa da sociedade para mudar o cenário político brasileiro, em especial a justiça eleitoral, que já apresenta sinais claros de decadência, senão vejamos: foi essa justiça que através de um recurso cassou o ex-governador do Maranhão Jackson Lago, cujas provas foram depoimentos pessoais de eleitores adversários do ex-governador. Essa mesma justiça indeferiu o recurso que foi usado conta o Sr. Jackson Lago, no processo contra os 11 governadores por crime eleitoral, dizendo que aquele recurso não se prestava para cassar os governadores. Agora essa mesma justiça deferiu o registro da candidatura de Paulo Maluf, ficha suja. Pergunta-se o que está acontecendo com o TSE. Conclusão, ou se moraliza o Pais ou democratiza-se a ilegalidade para o alcance de todos, e não só para os poderosos e endinheirados.

Comentar

Comentários encerrados em 25/12/2014.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.