Consultor Jurídico

Notícias

Pleno produtivo

STF julga três casos com repercussão geral e libera 1,6 mil processos

Comentários de leitores

4 comentários

Aplausos à metodologia do STF

Modestino (Advogado Assalariado - Administrativa)

Mesmo se tratando de matéria repetitiva, o julgamento dos 1.600 recursos pelo STF demandaria muito trabalho e tempo dos servidores.

Brincadeira!?!?!?!?!?!?!

Luís Eduardo (Advogado Autônomo)

Liberaram 1.600 processos? Nossa!!!!!!!!! que grande atitude pros jurisdicionados de outras milhares de causas que aguardam decisões do STF, dentre essas: os planos econômicos, precatórios, tributárias, desaposentadoria, etc.etc.etc...Isso só pode ser brincadeira, ficar feliz com essa gotinha de água no deserto. Julguem as causas de EFETIVA repercussão geral, tanto para o judiciário como ao jurisdicionado! O que 1.600 processos alteraram a rotina do STF ou das instâncias ordinárias? NADA.

servidores do DNER vão lotar o judiciário de ações

daniel (Outros - Administrativa)

agora servidores e pensionistas do DNER vão lotar o judiciário de ações pedindo isonomia, ou seja, poderá ser mais de cinco mil ações judiciais se o Governo não conceder administrativamente....

Só isso?

George Rumiatto Santos (Procurador Federal)

Muito pouco. Julgar 3 extraordinários é ser produtivo? E um deles ainda é de interesse restrito a um pequeno grupo (servidores da entidade que antecedeu o DNIT).
-
Desse jeito o acervo não diminui, não.

Comentar

Comentários encerrados em 5/09/2014.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.