Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Quantidade e qualidade

Pinheiro Neto é banca com mais advogados na Chambers

Por 

O Pinheiro Neto foi o escritório que mais emplacou advogados no novo guia Chambers Latin America, que será lançado na noite desta quarta-feira (11/9). Na nova edição da publicação, sócios e associados da banca aparecem 79 vezes nos diversos rankings, que apontam os melhores advogados por região do Brasil e por área do Direito. A contagem foi feita a partir da publicação, à qual a revista Consultor Jurídico teve acesso com exclusividade. Os rankings listam bancas e profissionais mais bem avaliados pelos clientes. 

O segundo escritório que mais emplacou nomes foi o Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados, com 51 aparições nas listas de melhores advogados — por região e por área do Direito. A banca foi seguida de perto pelo TozziniFreire (com 50 menções), pelo Machado, Meyer, Sendacz e Opice, que teve 49 operadores do Direito citados na publicação epelo Veirano Advogados, com 48 menções na listagem de melhores.

Os cinco escritórios mais citados são grandes para os padrões nacionais. O Pinheiro Neto, por exemplo, tem 370 advogados segundo a revista Análise Advocacia 500, que lista os maiores escritórios do Brasil. Mas a comparação entre os rankings aponta que não é o número de operadores do Direito que conquista a preferência.

Pela Análise 500, o Pinheiro Neto é o quinto maior escritório do país, ficando atrás de JBM Advogados (737 advogados); Siqueira Castro Advogados (668 advogados); Décio Freire e Associados (481 advogados); e Nelson Willians e Advogados Associados (376 advogados). O Mattos Filho é o 11º maior segundo a publicação.

A forte presença em diferentes áreas do Direito conta positivamente para se entrar no ranking da Chambers and Partners, mas ter advogados de referência também é importante. José Eduardo Carneiro Queiroz, do Mattos Filho, por exemplo, foi citado em quatro rankings diferentes. Ele é listado entres os melhores da área de Direito Bancário e Financeiro — geral e no segmento de regulatório —, em mercado de capitais e em fusões e aquisições. Mesmo aparecendo na Banda 2 e na Banda 3 — a Banda 1 reúne os mais bem avaliados —, o advogado deu peso no ranking para a banca em que trabalha.

A partir de formulários, ferramenta de investigação e de candidatura, a Chambers tem acesso a informações sobre as diferentes áreas de prática do escritório e seus clientes. São incluídas pesquisas sobre a equipe, os recursos disponíveis no escritório e as principais transações das quais a banca participou nos 12 meses anteriores ao envio da informação. Clientes do escritório são entrevistados de forma anônima, para fornecer opiniões.

Ter advogados listados pela publicação é motivo de comemoração para os escritórios. O lançamento do guia será festejado hoje, em São Paulo, às 19h. Reportagem da revista Consultor Jurídico mostrou que a Chambers é apontada por unanimidade nos escritórios como uma boa publicação para se estar presente. De acordo com a empresa, as avaliações são feitas por 140 pesquisadores “altamente qualificados” que entrevistam milhares de advogados e clientes do mundo inteiro.

*Texto alterado às 15h42 do dia 23 de setembro de 2013 para correção.

 é chefe de redação da revista Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 11 de setembro de 2013, 18h36

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 19/09/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.