Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Delegacia Eletrônica

Boletins eletrônicos equivalem a 45% dos BOs de SP

Com uma média de 5 mil solicitações em todo o estado de São Paulo por dia, os registros de ocorrências via Delegacia Eletrônica já equivalem a 45% do total dos boletins da capital neste ano. De janeiro a julho, foram mais de 331 mil boletins eletrônicos de ocorrências (BEOs) recebidos, ante 404 mil BOs registrados nos distritos policiais (DPs) da capital.

Criado em 2000, o serviço tem sido utilizado com maior frequência a cada ano e tem na cidade de São Paulo sua maior procura. No total do estado, os pedidos por boletins virtuais equivalem a mais de 37% dos boletins registrados fisicamente nos distritos policiais e delegacias especializadas. A previsão da coordenadora da Delegacia Eletrônica, Adriana Sampaio Liporoni, é que 1,5 milhão de pessoas utilizem o serviço até o fim do ano.

O sistema foi idealizada pelo Departamento de Inteligência da Polícia Civil (Dipol), o sistema foi criado pelo Grupo de Tecnologia da Informação (GTI) da Secretaria da Segurança Pública (SSP).

A comodidade de se fazer o registro pela internet atende 11 tipos de ocorrências e as mais frequentes entre elas são as de furtos, incluindo de veículos, e as de perdas (documentos, celulares e placa de veículos). Desde o ano passado, também é possível registrar via Delegacia Eletrônica casos de ameaça, injúria, difamação e calúnia. Além destes, a DE recebe registros de desaparecimento e localização de pessoas e acidente de trânsito sem vítimas.

Um ponto fundamental do registro virtual das ocorrências, apontado por Liporoni, é a economia gerada aos cofres do estado. Um estudo feito pela Secretaria de Gestão Pública de São Paulo, de 2003 a 2010, revelou uma redução de R$ 31.043.605,84 nos gastos. Esses dados estão disponíveis no site do Relógio da Economia. Estudos estão sendo feitos para avaliar a possibilidade de aumentar os tipos de ocorrências que podem ser registradas na Delegacia Eletrônica. Com informações da Assessoria de Imprensa da Secretaria da Segurança Pública.

Revista Consultor Jurídico, 1 de setembro de 2013, 10h16

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 09/09/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.