Consultor Jurídico

Notícias

Esforço reconhecido

Lei Anticorrupção do Brasil é mais rigorosa que FCPA

Comentários de leitores

7 comentários

Nossa! Verdade?

Sargento Brasil (Policial Militar)

Temos pessoas ocupando cargo de representação popular, que sequer pode sair do país para não ser preso lá fora!
Leis severas...kkkkk

Oliver armas: você surfou na maionese!

J.Koffler - Cientista Jurídico-Social (Professor)

Eu não acredito ter lido algo tão falacioso como o que esse tal de Oliver Armas falou sobre nossa lei de corrupção. Não no sentido de ser melhor ou pior que outras, mas sim, no sentido de sua capciosidade, pois nem de longe poderíamos aplaudir nossas táticas e normativas de combate à corrupção.
Esse indivíduo, ou foi pago para elogiar algo que em absoluta admite qualquer elogio, por menor que seja, ou então, para torpemente eludir o leitor (que, pelo jeito, reputa de burro).
Outra falácia é ter afirmado que os últimos movimentos de rua são um indicativo de que o tema "corrupção" está sendo levado a sério. Quem, em sã consciência, afirmaria tal idiotice, senão um causídico norte-americano, provavelmente "comprado" para dizer tal asneira?
Agora, a declaração mais estapafúrdia desse indivíduo foi esta: "Ele disse que outro destaque, a favor do país, foi a decisão da presidente Dilma Roussef de vetar alterações na lei que a tornariam mais fraca. "Com isso, ela enviou uma mensagem ao mercado que é bastante significativa", declarou".
Aí, fugindo totalmente ao meu equilíbrio emotivo, quase fui vitimado por uma síncope cardíaca! Tal a ignorância e capciosidade desse indivíduo.
O articulista João Osório de Melo que me perdoe, mas se prestou à reprodução de um texto no mínimo vergonhoso, de tão fantasioso que é.
Por essas e outras é que nosso país anda só para atrás; principalmente a partir de 2003, quando as massa populares lhe impingiram uma bandeira "vermelho-vergonha"!

Matéria Paga

Gilberto Strapazon - Escritor. Analista de Sistemas. (Consultor)

Caro Hammer Eduardo, se me permite uma observação, o Sedex, aliás, nossos correios como um todo, faz muito tempo deixou de ser uma instituição confiável. Junte a reserva de mercado que eles tem e a quantidade de problemas.
Quanto ao artigo do João Ozorio, a quem não conheço, só posso pensar que a Conjur publicou uma matéria paga, do tipo plantada por muitas empresas quando tem problemas no mercado e querem inventar notícias a seu respeito.
Leis não faltam. O que falta é ética e aplicação das mesmas.

É para rir?

Fernando Romero Teixeira (Prestador de Serviço)

Lei mais rigorosa? Onde? Aqui?
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Conta a próxima!

O valor do marketing

Fernando José Gonçalves (Advogado Sócio de Escritório)

As vezes fico pensando,cá com meus 2 neurônios, como o Marketing Internacional funciona perfeitamente. Vejam as declarações desse desinformado advogado norte americano, Dr."Armas". Totalmente "desarmado" no que tange ao conhecimento da verdade ululante das nossas paragens tupiniquins, compara a "brasuca" lei anti-corrupção daqui,com o que de melhor existe por lá !!! Pode parar colega. Não basta ter leis excelentes,se não forem cumpridas....Não basta "parecer sério", aos olhos incautos das demais Nações civilizadas; é preciso efetivamente "SER SÉRIO". Vejam o exemplo do outro mal informado,"OBAMA",evidentemente com base na popularidade do sujeito,perante os bolsistas do PT, referindo-se ao "petralha mor" como sendo "O CARA". Que cara ? O que mais rouba? O mais ignorante? O mais safo ? O mais enrolador? O maior enganador? O maior "pau d'água"? O melhor chefe de quadrilha ? O que mais rápido se tornou milionário junto com toda a família? Se essas características o definem como "O CARA", até concordo. Nada como um bom marketing para enganar. Hitler já fazia isso com maestria e foi seguido por outros tantos de sua época. "LULA" e seus asseclas só estão dando continuidade a essa arte. Infelizmente ainda enganam muitos brasileiros, tão desinformados quanto Obama e o tal advogado "Armas". Tá difícil.

é , pode ate ser....................

hammer eduardo (Consultor)

Ja que temos uma eterna postura de "catequisados" perante os Irmãos do Norte , cabe lembrar que a Lei deles pode ate ser considerada "mais frouxa" que a nossa , a unica diferença é que la FUNCIONA e não é este cirquinho para crianças que vemos aqui no Brasil.
Tambem devemos considerar que temos leis em demasia e que na pratica não coibem COISA NENHUMA , servem apenas para fazer a vida facil de verdadeiros exercitos de Advogados que sabem muito bem navegar neste gigantesco queijo suiço que são as nossas leis.
O processo do Mensalão foi um bom divisor de aguas pois agora sabemos que existem dois "entendimentos" distintos , para a pobretada continua o de sempre porem para as "zilitis" conforme apregoa aquele jumento calhorda de 9 dedos , existem "entendimentos diferentes" , sambarilove puro e simples e embargos eternos que não conseguiriam prender nem Matusalem se Ele morasse no Brasil e fosse julgado pela nossa justiça?????????de fancaria..
Esta é a nossa podre verdade , quem quiser pensar diferente , sugiro encaminhar a proxima cartinha para o Papai Noel via SEDEX pra ter certeza que ela vai chegar..........

Diutadura jurisdicional

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Coitado dos americanos. Eles não sabem que aqui no Brasil a lei é "esticada" ou "encolhida" de acordo com a conveniência em se acobertar ou perseguir. Aqui tanto faz se a lei é rigorosa ou não, pois o que manda na prática é o interesse pessoal do julgador naquele momento específico, e nada mais do que isso.

Comentar

Comentários encerrados em 29/11/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.