Consultor Jurídico

Notícias

Prerrogativas violadas

Prisão de advogada é convertida em prisão domiciliar

Comentários de leitores

6 comentários

Adi 1.127/df

Leandrolcruz (Advogado Assalariado)

Quanto não tiver punição severa para quem desrespeita pregorradiva de advogados, juiz , promotor etc vão fazer o que quiserem.

Guerra de todos conta todos

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Creio que o Observador.. (Economista) ainda não compreendeu que os "operadores do direito" fazem o que podem e o que não podem para atacar seus oponentes, e que acusações sem comprovação é o que há nesta área.

Países

Observador.. (Economista)

No primeiro mundo, quem conhece as leis ( juiz, advogado, promotor,policial) e comete crimes, tem sua punição aumentada por ter, supostamente, maior clareza sobre os delitos que está a cometer.
Aqui, é o oposto o que acontece. Os privilégios são inúmeros para operadores do direito em conflito com a lei.

Alô MP?!

Prætor (Outros)

E quem vai ser responsabilizado pela inexistência de uma tal "sala de Estado Maior" em uma capital de Estado??

ótimo, pois assim poderá assessorar os criminosos em casa

daniel (Outros - Administrativa)

ótimo, pois assim poderá assessorar os criminosos em casa e com mais facilidade.
Isto é que envergonha a advocacia, pois não se consegue mais diferenciar a figura do criminoso e do advogado em muitos casos.

Mudam-se os tempos, mas as mentiras são as mesmas

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Antigamente, dizia-se que o sujeito era negro, e assim deveria morrer. Depois se passou a dizer que era judeu, e assim merecia ter seus bens confiscados e ser lançado à prisão. Agora, diz-se que o sujeito ajuda o PCC, e assim é possível lhe privar a liberdade de ir e vir sem qualquer outra justificativa ou demonstração. O que virá depois?

Comentar

Comentários encerrados em 5/06/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.