Consultor Jurídico

Notícias

Recursos repetitivos

Sentença do STJ sobre desaposentação orientará TRFs

Comentários de leitores

4 comentários

Justiça seja feita!

Jbarbosa (Outros)

Sou contribuinte para o INSS à 42 anos, aposentei proporcional aos 32 anos de contribuição,sempre ouvi dizer que para aposentar tem que contribuir, acho correto, só não entendo o argumento de que que já aposentou e continua trabalhando é obrigado a contribuir para o custeio da previdência, a pergunta é quem aposenta sem contribuir? e estes rombos? somos nós os culpados?
Estou plenamente confiando que o STF vai fazer justiça e em breve acabar com essa polêmica.
Anciosamente!
José Siqueira Barbosa

Desaposntadoria

Adelino Teixeira Dias (Outros)

O mínimo que se espera é ter recalculado o valor da aposentadoria dos aposentados que continuam trabalhando, não há favor nenhum nisso. A dúvida entre recalcular ou devolver tudo que foi pago a mais depois da aposentadoria, é porque não deveria mais cobrar nada de contribuição para previdencia social de quem já se aposentou. Discute-se muito se vai recalcular o valor das aposentadorias, ou se devolve, mas ninguem fala em combater a causa deste problema, que é parar de descontar para a previdencias dos aposentados. Concordam comigo?

Justa a Decisão.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxx (Outros)

Não vejo nada de anormal nisso, não há qualquer tipo de facilitação ou "bondade", a desaposentação é questão de justiça!!!
Com todo respeito ao Ministro, a sua posição é meio sem sentido na minha opinião, afinal, o aposentado não vai continuar recebendo a aposentadoria anterior e a nova ao mesmo tempo, pelo contrário, ele vai deixar de receber o valor anterior para receber um novo valor atualizado dali em diante somente.
A partir do momento que se reúne condições para se aposentar, nada mais justo que o aposentado comece a receber DE VOLTA da previdência, tendo em vista que contribuiu, ou seja, que ele PAGOU para isso!
E se ele continua contribuindo para a previdência mesmo já estando aposentado, também é justo que ele possa ter o valor da sua aposentadoria atualizado, e o meio de se conseguir isso é através da tal da "desaposentação", do contrário, teríamos um enriquecimento ilícito por parte da previdência, que estaria recebendo novas contribuições por parte do aposentado que não se reverteriam a favor do mesmo.
O buraco da previdência tem origem nos tempos dos militares, quando o dinheiro da aposentadoria do povo foi gasto em obras e, posteriormente, com as aposentadorias caridosas concedidas pelos governos para trabalhadores do campo que nunca contribuíram com nada. Portanto, o buraco não está nas aposentadorias justas para quem pagou para se aposentar.
É preciso ter respeito pelos aposentados nesse país !
Ainda bem que temos um Tribunal como o STJ, que muitas vezes merece mais crédito que o próprio STF (cadê a decisão do STF quanto a aplicabilidade do Estatuto do Idoso aos planos antigos ? essa incerteza vai durar até todo mundo que teria direito morrer??? esse tipo de decisão não pode se arrastar).

Onde vai parar?

- Antonio Cesar - (Procurador Federal)

A caridade com os cofres da previdência não tem fim...

Comentar

Comentários encerrados em 16/05/2013.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.